Prefeitrura acompanha investimentos da Ampla na região

Compartilhe!

Novo cabo submarino vai garantir eficiência ao abastecimento da Ilha Grande.

Na condição de coordenadora do Grupo de Trabalho da Ilha Grande (GT), a Fundação de Turismo de Angra dos Reis está acompanhando com regularidade os investimentos da concessionária Ampla na melhoria da oferta de energia na região. A empresa, que integra a multinacional de energia Enel, está executando algumas ações importantes na rede elétrica de Angra. Entre as melhorias, estão a instalação de mais um cabo submarino para interligar o sistema elétrico de distribuição de energia do continente à Ilha Grande. O novo cabo ligará a Ponta do Gambelo à Ponta do Funil, na Ilha, e atuará como reforço para a rede elétrica local, melhorando o fornecimento para todos os clientes da Ilha.

Há alguns dias, o presidente da TurisAngra, Klauber Valente, reuniu-se com representantes da concessionária e também da empresa contratada para a obra de lançamento e ligação do novo cabo e avaliou o andamento do cronograma. Até agora, tudo segue como combinado entre a fundação e o GT da Ilha Grande no encontro realizado em julho deste ano. As obras foram iniciadas na segunda quinzena de agosto e estão a cargo da empresa Lestcon. O cabo submarino já foi lançado e deverá ser soterrado no solo submarino até o final de novembro.

— O novo cabo submarino pretende ser o fim das interrupções de energia causadas por rompimento. Como ele ficará soterrado a mais de um metro e meio de profundidade, o risco de ser arrebentado será muito menor. Além disso, os dois cabos atuais serão mantidos como reserva. Esta é uma batalha de anos da comunidade da Ilha Grande e da prefeita Conceição, e uma melhoria significativa para os moradores, em especial para a atividade turística, especialmente na Vila do Abraão — informou Klauber Valente.

Somente com a obra de lançamento do novo cabo, a Ampla está investindo cerca de R$ 22 milhões. Para melhorias em outras áreas da Ilha, além do Abraão, estão sendo instalados geradores de reserva no Provetá e na Vila Dois Rios, além de troca de cabos e podas numa rede de até 2,5 km na chamada “linha Sul”, que leva energia até Araçatiba e Provetá.

A distribuidora também está realizando a substituição de cerca de 40 km de fiação comum por cabeamentos isolados e instalando 2,6 km de rede elétrica nova. Equipamentos telecomandados, que permitem que a distribuidora identifique e isole de forma remota e mais ágil falhas ocorridas na rede, também estão sendo instalados pela Ampla na cidade.

Na área do continente, a Ampla está instalando novos componentes na rede elétrica, como isoladores e para-raios, e instalando uma nova subestação de energia em Itaorna, na região do Frade, com capacidade de 15 MVA, possibilitando a conexão de mais clientes à rede elétrica e o aumento da carga dos clientes da região.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.