Passagem da Tocha Olímpica Rio 2016 incluirá a Ilha Grande

Compartilhe!

Os preparativos para a passagem da chama olímpica dos jogos do Rio em 2016 por Angra dos Reis já começaram. Na semana passada a cidade recebeu a segunda vistoria do comitê organizador da passagem da Tocha para avaliação de outras localidades que Angra está oferecendo para o evento. A Tocha Olímpica vai passar por centenas de cidades em todo o país e, no Rio de Janeiro, oito municípios sediarão este evento, além da capital. Em Angra dos Reis, a coordenação da organização do evento está a cargo da Fundação de Turismo (TurisAngra) e envolve diversas secretarias da Prefeitura, além de organizações da sociedade e a população em geral. No encontro desta semana ficou definido que a chama olímpica passará, além do continente, também pela Ilha Grande.

— Esta é uma ocasião que deve mobilizar toda a cidade. Os Jogos Olímpicos são uma grande celebração de amizade, excelência e respeito. Angra tem a responsabilidade de organizar uma festa que reproduza esses sentidos e faça uma bela acolhida ao símbolo dos Jogos. Será uma grande festa — prevê o presidente da TurisAngra, Klauber Valente.

A proposta de Angra para o evento foi diferente dos eventos similares realizados na cidade. O cenário é bem parecido, mas o foco é no ser humano. As crianças nas escolas, os pescadores, os metalúrgicos e petroleiros, os alunos do Colégio Naval, os atletas do passado e do presente. Heróis que vão de D. Pedro II a Ayrton Senna. Essa proposta desclassificou cidades que concorriam como sede, e manterá a tocha por mais tempo em nossa cidade, incluindo um pernoite. Atrativos turísticos da cidade também estarão no roteiro.

— Nossas sugestões estão sendo avaliadas pela comissão de organização e vemos uma oportunidade de usar o evento para motivar a cidade pra esta ocasião turística especial, e somar forças para embelezá-la — explica Nilton Júdice, diretor executivo da Fundação de Turismo de Angra.

O evento olímpico em Angra dos Reis será apenas no ano que vem, a dez dias do início dos Jogos, mas, em agosto, a cidade apresentará ao Ministério do Turismo, os planos para o evento. O Ministério e a secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro já confirmaram apoio às cidades envolvidas no trajeto, inclusive com a divulgação do destino, o que dará ainda mais visibilidade à cidade.

O REVEZAMENTO DA TOCHA OLÍMPICA 2016

O Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 é realizado pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e patrocinado por Coca-Cola, Nissan e Bradesco. Os governos federal, além dos estados e municípios por onde a chama passará, são parceiros na organização, garantindo que os serviços públicos necessários sejam oferecidos.

A data da cerimônia de acendimento em Olímpia e da chegada da chama a Brasília ainda será definida, mas depois de aterrissar no Brasil, a chama:

  • Viajará o país por cerca de 90 a 100 dias
  • Percorrerá em torno de 300 cidades dos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal
  • Percorrerá cerca de 20.000 quilômetros por estradas e ruas do país
  • Viajará em torno de 10.000 milhas aéreas, no trecho entre Teresina e Campo Grande
  • Será carregada por cerca de 12.000 condutores da tocha, em trechos de aproximadamente 200 metros cada um
  • Atingirá 90% da população brasileira.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.