Paraty ganha pista de skate

Compartilhe!

A Prefeitura de Paraty entregou à população, nesta segunda-feira, 18, a pista da skate da Praça da Paz. Durante o evento, o prefeito Casé defendeu a opção pela construção da pista naquele local, reiterando que o “espaço da Praça da Paz tem que ser da paz”.

Na ocasião, Casé lembrou as primeiras medidas para revitalizar a praça, como a limitação do horário de funcionamento dos quiosques, e disse que, com a pista, as famílias e os jovens paratienses ganham um novo incentivo para ocupar o local.

– Esse é um espaço para as famílias paratienses. O importante, também, é zelar pela segurança dos jovens, usando os equipamentos adequados – disse o prefeito, que anunciou ainda, em 60 dias, o início da construção de uma nova pista de skate, na área esportiva da Mangueira, que será totalmente revitalizada.

Com as obras do cais de pesca, o complexo esportivo da Praça da Paz também deve ser ampliado.

Pista de skate receberá o nome da skatista Giselle Alves, assassinada no último dia 30 de dezembro.
Pista de skate receberá o nome da skatista Giselle Alves, assassinada no último dia 30 de dezembro.

– Existe um grande movimento da juventude paratiense, que muitos políticos tradicionais não conseguiam enxergar. São estes jovens que estão conquistando espaços importantes, como essa pista de skate da Praça da Paz – explicou Casé, que fez uma homenagem especial ao secretário-adjunto de Turismo, Gabriel Costa, que se empenhou pessoalmente para viabilizar a obra da pista. O prefeito também citou os esforços da Secetaria de Cultura, que vem transformando o Espaço Experimental de Cultura Cinema da Praça (EECCP) em um novo fórum para a juventude paratiense e o engajamento do MARP (Movimento de Arte de Rua de Paraty), que vem agregando diferentes manifestações culturais dos jovens de Paraty.

Durante a inauguração, Casé anunciou que a pista de skate receberá o nome da skatista Giselle Alves, assassinada no último dia 30 de dezembro. Depois de abrir espaço para que o Coletivo Feminismo lesse um manifesto condenando a violência contra a mulher, o prefeito ressaltou que essa deve ser uma luta de todos os brasileiros e precisa ter todo o apoio dos paratienses.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.