Ministério Público oferece transação penal a Leandro Silva

Compartilhe!

A Promotoria de Justiça junto a Zona Eleitoral da Comarca de Angra dos Reis ofereceu transação penal ao Vereador Leandro Silva pela prática do delito conhecido como boca de urna, previsto no artigo 39, parágrafo 5º, item II, da Lei 9.504/97. A proposta foi subscrita pelo Promotor de Justiça Bruno Lavorato Moreira Lopes.

O vereador foi preso em flagrante por agentes da Polícia Federal, em 3 de outubro de 2010, quando arregimentava eleitores para seus candidatos a deputado estadual e federal, em frente a uma seção eleitoral que funcionava em um colégio público, com farto material de panfletos conhecidos como “santinhos”.

A pena para o crime eleitoral imputado ao vereador é de detenção de seis meses a um ano, com a alternativa de prestação de serviços à comunidade pelo mesmo período, e multa no valor de 5 mil a 15 mil UFIRs.

MP-RJ

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.