Metalúrgicos podem cruzar os braços

Compartilhe!

Impasse entre sindicato e empresa continua. Sindicato já fala em paralisação.

Aconteceu no final da tarde desta segunda-feira, 6, uma assembleia geral extraordinária realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis. Na ocasião o presidente Manoel Sales, leu um comunicado que o órgão recebeu da empresa, solicitando uma nova reunião, na manhã desta terça-feira, 7, no Sinaval, no Rio de Janeiro. Segundo os sindicalistas os trabalhadores podem cruzar os braços, caso a empresa não apresente uma nova proposta.

– Esta reunião será a última chance para que eles possam apresentar realmente uma proposta seja ela qual for, pois o trabalhador já está cansado e a direção do sindicato também. Se amanhã não chegarmos à um consenso, já na próxima assembleia poderemos começar a discutir junto com os trabalhadores a paralisação das atividades no estaleiro” – afirmou o presidente do sindicato, por meio de nota enviada à imprensa.

Na última semana, a Brasfels apresentou a proposta de aumento de 7% nos salários e ticket no valor de R$367. A categoria pede reajuste de 9,83% no salário e no ticket, índice que representa o índice do INPC, e Flexibilização da PL para R$ 1.800, pagas em duas parcelas. A negociação salarial da categoria começou no mês de abril.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.