Metalúrgicos aprovam proposta para acordo coletivo

Compartilhe!

Categoria pede 15% de aumento e melhorias em cláusulas sociais. Primeira rodada de negociação com a empresa será nesta quinta-feria, 31.

Em assembleia realizada nesta segunda-feira, 28, no pátio da empresa Brasfels, pela diretoria do Sindicato Metalúrgicos de Angra dos Reis, a proposta de acordo coletivo apresentada aos trabalhadores foi aprovada por unanimidade.

Segundo comunicado do sindicato, as reivindicações são fruto de uma pesquisa realizada pela direção do órgão e que serviu como base para que o documento pudesse ser montado. A pauta, que contém 27 itens, prevê aumento salarial de 15%, reajuste no ticket alimentação e outros benefícios.

A primeira rodada de negociação com a empresa, está marcada para esta quinta-feira, 31, na sede do Sindicato Nacional da Indústria da Construção e Reparação Naval e Offshore (SINAVAL) no Rio de Janeiro, onde a direção do sindicato espera poder chegar a um bom entendimento e com isso obter um resultado significativo para a categoria metalúrgica.

– Entendemos o momento difícil pelo qual está passando o país e consequentemente o estaleiro Brasfels. A nossa intenção é de buscar através do entendimento a garantia de um acordo coletivo que possa satisfazer os anseios da categoria e da empresa, passando pela manutenção dos postos de trabalho, que é o mais importante no momento e avançando em direitos já conquistados através de anos de luta. Temos a certeza de que isso é possível, pois temos feito nosso trabalho com muita responsabilidade e seriedade, por isso temos tido o apoio de toda família metalúrgica – define o presidente Manoel Sales.

Proposta aprovada pelos metalúrgicos:

1 – O reajuste salarial de 15%;
2 – Um abono de R$ 3.000,00 sendo pago em parcela única;
3 – Reajuste no valor do ticket alimentação para R$ 400,00 sem desconto;
4 – Equiparação nos salários nos setores de Transporte, Almoxarifado e Estrutura. Ex: Carvoeiro e Solda, Pintura e Hidro jato
5 – Horas extras de segunda a sexta com 70%. Aos sábados e domingos e feriados 120%;
6 – Bônus de incentivo;
7 – Tornar realidade a Insalubridade e Periculosidade;
8 – Ticket alimentação dobrado todos os meses para funcionários que não tiverem falta no mês (justificadas ou não)
9 – Manter o ticket dobrado no final do ano substituindo a cesta natalina;
10 – Promoção imediata dos ajudantes e meio oficiais com mais de um ano de empresa e profissionais que tenham mais de dois anos, incluindo o RIGGER que não tem os 5% e nós vamos brigar para que tenham;
11 – Extinção do desvio de função em qualquer disciplina, promovendo para o cargo em que estiver exercendo por mais de seis meses, tanto MOI e MOD;
12 – Transporte gratuito para funcionários com idade igual ou superior a 60 anos;
13 – Isenção de desconto de passagem aos trabalhadores de férias;
14 – Auxílio creche de R$ 500,00 para funcionárias com filhos de 0 a 05 anos, fazendo cumprir o artigo 389 da CLT.;
15 – Licença maternidade de 60 dias sem prejuízo no salário;
16 – Ter no quadro médico da empresa, uma ginecologista e que seja do sexo feminino;
17 – Licença paternidade de 20 dias;
18 – Incluir no plano de saúde da empresa Brasfels, pais de funcionários com desconto especial para aqueles que queiram aderir;
19 – Médico noturno diariamente na enfermaria da empresa;
20 – Garantir aos jovens aprendizes a realização de teste de efetivação;
21 – Redução do desconto do vale transporte no contracheque de 6% para 3%;
22 – Ajuda de custo para trabalhadores, que moram fora do município e só viajam no final de semana;
23 – Refeitório unificado;
24 – Acesso a banco e RH para funcionários de férias ou afastados pelo INSS; 25- Estender o ticket alimentação para todos funcionários afastados por auxílio doença;
26 – Estabilidade de 60 dias para funcionários que retornem do auxílio doença (Código 31)
27 – Quatro dias a mais de faltas abonadas em caso de falecimento de parentes até segundo grau, para acompanhamento de questões formais, legais e recuperação psicológica.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.