Gastos com o Covid em Angra podem ultrapassar R$88 Milhões

Compartilhe!

A Prefeitura de Angra dos Reis publicou no Boletim Oficial desta sexta-feira, 19, dois decretos que abrem crédito adicional de aproximadamente R$33 milhões para o combate ao Coronavírus no município. Com eles, o total de empenhos voltados para a luta contra o Novo Coronavírus no município ultrapassa R$88 Milhões desde o início da Pandemia.

Embora os decretos não especifiquem o destino exato destas verbas, pelos Portal da Transparência foi possível verificar que os valores foram empenhados para o Instituto de desenvolvimento Institucional e Ação Social (IDEIAS), cujos contratos venceram nos últimos dias.

O primeiro decreto (nº11.667) destina R$24 milhões ao Fundo Municipal de Saúde à Organização Social IDEIAS, com o objetivo de prorrogar por mais três meses o contrato para o funcionamento do Centro de Referência de Combate ao Covid-19 em Angra dos Reis, na Santa Casa.

Já o segundo (nº11.668), no valor de R$ 9.369.300,05, equivale a uma prorrogação de 90 dias para o contrato das tendas de triagem do Coronavírus, também sob responsabilidade da IDEIAS.

De acordo com informações do Portal da Transparência de Angra, a validade do contrato do Centro de Referência terminou no último dia 18 e o das tendas nesta segunda-feira, 22. Esses dois contratos originalmente tinham prazo de 90 dias.

Ainda segundo números da Prefeitura, os empenhos do Fundo Municipal de Saúde no combate ao Covid-19 somam R$88.984.200,89 desde o início da pandemia, sendo que R$ 51.648.267,85 já foram pagos. Grande parte deles em contratos sem licitação. Até o mês passado, o total de empenhos era de R$55 milhões.

Auditoria já tem data para ser divulgada

A Auditoria que a Prefeitura de Angra anunciou nos gastos da Secretaria de Saúde com o Covid deverá finalizar seus trabalhos até o dia 20 de julho, segundo a Resolução nº010/2020 da Controladoria Geral do Município, publicada nesta terça-feira, 23, no Boletim Oficial.

Cronograma de Auditorias

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.