Coronavírus: Brasfels segue fora da quarentena

Compartilhe!

Ao contrário do que aconteceu com empresas de outras ramos da economia, atividades industriais, como as do Brasfels, não foram interrompidas pelos Decretos que estão sendo editados pela Prefeitura de Angra dos Reis para conter a Pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19). Restrições ao funcionamento de empresas de serviços, educação, turismo e comércio começaram no mês passado e seguem, a princípio, por mais 15 dias.

O Prefeito de Angra, Fernando Jordão, participou na última sexta-feira, 03, de uma videoconferência com a direção do Estaleiro, mas apesar do tom tranquilizador que usou em um vídeo postado em suas redes sociais, não detalhou quais medidas efetivas estão sendo tomadas pela empresa para garantir a Saúde dos trabalhadores metalúrgicos e consequentemente suas famílias.

A manutenção dos empregos é essencial para superarmos a crise que estamos vivendo. Em reunião com a Brasfels, apresentei as medidas que estamos tomando para enfrentar o novo coronavírus e ouvi o que está sendo feito pela empresa para proteger os trabalhadores. Estamos atuando para proteger a saúde e os empregos dos cidadãos”, afirmou o prefeito Fernando Jordão em uma rede social.

Diferença no tratamento

Políticas que estimulem o isolamento social e que impedem ao máximo aglomerações são apontadas por especialistas como corretas e fundamentais para conter a propagação do Novo Coronavírus (Covid-19). O próprio Governo Municipal tem adotado diversas medidas do tipo entre os Servidores Públicos.

A não suspensão de atividades industriais em Angra dos Reis, como a do Estaleiro Brasfels, que concentra 1200 trabalhadores, expõe uma diferença significativa no tipo de tratamento dado pelo Governo Municipal a empresas de diferentes tamanhos e ramos econômicos durante a Pandemia do Covid-19.

Segundo apuramos, cada trabalhador deverá receber um termômetro e um relatório, que deverá ser preenchido diariamente, com as seguintes informações: temperatura corporal, se está sentindo algo, se tem alguém na família gripado ou com suspeita de Coronavírus, ou se teve contato com alguém que está com sintomas.

Destacamos que de acordo com uma cartilha do Hospital Sírio Libanês, “Durante o período assintomático estima-se que possa haver transmissão (em menor escala), mas não se conhece resposta definitiva para esta questão até o momento“.

Sindicato mostra preocupação com a Saúde dos Metalúrgicos

Logo no início desta crise, no dia 18 de Março, o Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis solicitou à Direção do Estaleiro Brasfels que tome medidas com o objetivo de evitar que a epidemia do Novo Coronavírus (Covid-19) se espalhe entre os trabalhadores.

O documento pedia que a empresa se alinhe às determinações dos Governos Municipal e Estadual e tome medidas com o objetivo de evitar aglomerações.

Na época, a Presidente do Sindicato, Cristiane Marcolino, informou que a empresa respondeu que estava implantando normas de prevenção, como a ampliação do horário do almoço para evitar aglomerações, assim como abrindo novas áreas no escritório para distribuir o pessoal.

O Brasfels informou na época que, como não há legislação proibindo suas atividades, continuaria operando.

Saiba mais:

Videoconferência Brasfels e medidas da PMAR

A manutenção dos empregos é essencial para superarmos a crise que estamos vivendo. Em reunião com a Brasfels, apresentei as medidas que estamos tomando para enfrentar o novo coronavírus e ouvi o que está sendo feito pela empresa para proteger os trabalhadores. Estamos atuando para proteger a saúde e os empregos dos cidadãos.#fiqueemcasaangra

Posted by Fernando Jordão on Friday, April 3, 2020
Prefeito faz videoconferência com a direção do Brasfels

CORONAVÍRUS: SINDICATO PEDE QUE BRASFELS TOME MEDIDAS DE PROTEÇÃO AOS TRABALHADORES |Na última quarta-feira, 18, a…

Posted by Angranews on Sunday, March 22, 2020
SINDICATO PEDE QUE BRASFELS TOME MEDIDAS DE PROTEÇÃO AOS TRABALHADORES

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.