Comércio pressiona e Prefeitura de Angra vai relaxar a quarentena

Compartilhe!

Na última sexta-feira, 17, um documento, assinado por quatro entidades patronais que representam o comércio e serviços de Angra dos Reis, solicitou à Prefeitura a flexibilização da quarentena no município, permitindo o funcionamento de uma série de estabelecimentos. Nesta segunda-feira, 20, o Prefeito Fernando Jordão afirmou que atenderá parte destes pedidos ainda nesta semana.

O anúncio da flexibilização vem em um momento em que Angra dos Reis registrou, em uma semana, um aumento de 320% no número de casos de Coronavírus confirmados pelo Laboratório Central Noel Nutels (Lacen) , segundo a própria Prefeitura.

Em 12 de Abril, o município tinha 384 suspeitos de novo Coronavírus, sendo que haviam cinco confirmações. Uma semana depois, no dia 19, temos 482 suspeitos e 36 confirmações, sendo 16 pelo Lacen e 20 por testes rápidos.

Cabo de guerra

Desde o início da quarentena, em 14 de Março, quando a Prefeitura de Angra decretou as primeiras ações de prevenção contra o Coronavírus, comerciantes de todo o município vêm cobrando uma flexibilização para permitir o funcionamento de suas atividades.

As medidas de restrição não se aplicaram a todo o comércio, como foi o caso dos supermercados, farmácias, padarias e postos de combustíveis. Já atividades industriais como o Brasfels sequer chegaram a ser afetas pelas medidas, que fecharam grande parte do comércio e serviços de Angra.

No dia 29 do mês passado, o Executivo conseguiu na Justiça a proibição de uma carreata do Movimento Angra Não Pode Parar, que pedia a reabertura. Na ocasião a Justiça determinou que a organização do ato deveria ser multada em R$50 mil caso o manifestação ocorresse.

Já no dia 13 de Abril, na contramão do que foi alegado antes, foi autorizada uma carreata dos devotos de São Benedito, que contou com a participação de membros do alto escalão da Prefeitura de Angra.

Em dia 15 a Prefeitura tentou mais uma vez impedir uma carreata que pedia a reabertura do comércio. Na ocasião o município chamou o movimento de “mobilização de cunho políticoem suas redes sociais, mas a Justiça não acatou o pedido. Dois dias depois, as principais Associações que representam o comércio em Angra dos Reis se uniram e apresentaram uma série de solicitações ao prefeito.

O documento

O documento, assinado pela Câmara de Dirigentes Logistas (CDL Angra); Sindicato do Comércio Varejista de Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty (SICOMÉRCIO); o Polo Gastronômico de Angra dos Reis e a Associação Comercial e Industrial de Angra dos Reis (Acear), apresentou uma série de propostas para a flexibilização do comércio, “considerando todas as orientações e medidas preventivas vigentes no país para o combate ao Coronavírus (Covid-19).”

Entre as medidas solicitadas está a abertura do comércio em geral, com controle de Fluxo; a reabertura de bares, restaurantes e lanchonetes, com a limitação de 30% de capacidade; salões de beleza e clínicas de estética funcionando apenas com agendamento; interdição de locais que não administrarem aglomerações; uso obrigatório de máscara pelos funcionários; incentivo ao Delivery; disponibilidade de álcool em gel, higienização constante dos ambientes; afastamento do trabalho de funcionários de grupo de risco; e horário alternativo de funcionamento.

Flexibilização parcial

Na manhã desta segunda-feira, 20, em um vídeo postado na página da Prefeitura de Angra dos Reis no Facebook, o Prefeito Fernando Jordão anunciou que na próxima quarta-feira, 22, publicará um decreto flexibilizando a quarentena no município, mas garantiu que somente alguns setores do comércio serão liberados.

No vídeo, ele afirmou que permitirá o funcionamento de barbeiros, cabeleireiros, manicures, lojas de tecidos, aviamentos, autopeças, borracharias, náutica, óticas e profissionais liberais, mas não deu detalhes de quais serão as regras que estes estabelecimentos deverão seguir ou quais outras categorias poderão ser afetadas pela medida. O prefeito também afirmou que o município distribuirá máscaras e que se a curva de proliferação da doença piorar, poderá mandar fechar novamente essas atividades.

Saiba mais:

Novo Decreto flexibiliza o funcionamento de alguns segmentos da economia da cidade. Ele será publicado no Boletim Oficial do Município e passará a valer a partir de quarta-feira, dia 22.

Publicado por Prefeitura de Angra dos Reis em Segunda-feira, 20 de abril de 2020
Postagem do Prefeito

ANGRA: Carreata de São Benedito.CARMELITAS EM ANGRA DOS REIS, RIO DE JANEIRO. Carreata e Bênção de São Benedito- Patrono da cidade- contra o coronavirus. Segunda-feira, 13 de abril-2020. Câmera: Guilherme Bertoldo www.olharjornalistico.com.br

Publicado por Frei Petrônio de Miranda em Segunda-feira, 13 de abril de 2020
Carreata de São Benedito

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.