CINEASTA PREPARA DOCUMENTÁRIO NO MUNICÍPIO

Compartilhe!

cais-ou-a-indiferenca-das-embarcacoes-ligia-jardimProjeto, que está na fase de captação de recursos em um site na Internet, já começou a ser rodado

O cineasta Nelson Rodrigues começa nesta semana a captar imagens em Angra dos Reis para o documentário “Cais ou da Indiferença das Embarcações”, que tem como pano de fundo a história que deu origem à peça teatral homônima, escrita por Kiko Marques. Ator, diretor e dramaturgo, Kiko Marques, retratou nos palcos sua infância, passada boa parte na Ilha Grande.

O filme será rodado em dois sets de filmagem: o contexto teatral será no Instituto Cultural Capobianco, em São Paulo, e o contexto histórico, na Ilha Grande. As imagens captadas no teatro serão compostas por fragmentos do próprio espetáculo, enquanto na Ilha Grande serão feitas entrevistas com atores da peça e alguns moradores, para recuperar as histórias reveladoras do lugar. Traça-se, assim, um paralelo entre o texto de Kiko Marques e as pessoas que por lá ficaram.

— O objetivo do projeto é fazer uma reflexão sobre o que cada um de nós espera quando está em um cais, um local onde ocorrem partidas, adeus e sonhos que não se completam, e também chegadas, encontros emocionantes e promessas de uma nova vida. A obra audiovisual quer que o espectador se aprofunde nas histórias dos ilhéus como se fossem espelhos de suas próprias vidas — explica Nelson Rodrigues.

O projeto, que conta com o apoio logístico da TurisAngra, está em fase de captação de recursos no site Catarse (www.catarse.me/cais).

O documentário Cais ou da Indiferença das Embarcações tem por base um espetáculo com seis indicações ao prêmio Shell deste ano (autor, direção, ator, cenário, figurino e música). Para além da autoria e da direção de Kiko Marques, a peça conta com a participação especial de Walter Portela, veterano ator e referência no teatro nacional, que entra em cena para representar o barco sargento Evilázio.

Todo valor arrecadado no Catarse servirá para viabilizar a produção do filme na lha Grande.

Sobre o diretor

Nelson Rodrigues é diretor de cinema e ator. Tem em sua filmografia Três Atos (documentário selecionado para os Festivais Ibero-americanos do Rio de Janeiro e de Sergipe – 2012), Um Certo Olhar (road movie filmado em Las Vegas, Los Angeles e Nova York) e Identidade Partida (documentário longa-metragem em processo de finalização).

Sobre o autor

Kiko Marques é ator, diretor e dramaturgo. Atuou em filmes de grande repercussão, como Cidade de Deus e Carandiru. Participou de inúmeras peças teatrais, com destaque para Ricardo III, Alma Boa de Setsuan e Viúva, Porém Honesta, além de novelas (Beleza Pura e Sangue do meu Sangue) e programas de televisão (A Grande Família, Retrato Falado, A Diarista, Sob Nova Direção e Carga Pesada). Como dramaturgo, Kiko escreveu Autor Bom é Autor Morto, Crepúsculo, Brinquedos Quebrados e O Travesseiro.

Elenco:

Alejandra Sampaio, Kiko Marques, Marcelo Diaz, Marcelo Laham, Marcelo Marothy, Marco Aurélio Campos, Maristela Chelala, Maurício de Barros, Patrícia Gordo, Rose de Oliveira, Virgínia Buckowski e Walter Portela.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.