Centros de inclusão digital serão revitalizados

Compartilhe!

Vice-prefeito assinou a ordem de serviço pra a reforma de 13 centros de inclusão digital

O vice-prefeito Leandro Silva assinou, na tarde de terça-feira, dia 19, a ordem de serviço para o início da implementação do convênio com o governo federal (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) para a construção e também reestruturação dos centros de inclusão digital. Serão 13 escolas beneficiadas, em toda o município, sendo três na Ilha Grande. “Esse convênio é fundamental para a melhoria da educação pública. Com novos investimentos, os estudantes é que serão beneficiados”, disse o vice-prefeito.

O valor global do convênio é de R$ 763.367,32, com contrapartida de R$ 63.367,32 do município. Deste investimento, R$ 106.747,98 serão para as obras físicas e o restante para a aquisição de equipamentos, computadores, mobiliários, entre outros.

A solenidade aconteceu na Casa Larangeiras e contou com a presença de vários profissionais da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia e autoridades municipais. O convênio foi obtido por meio de trabalho conjunto entre a Secretaria de Educação e a Subsecretaria de Gestão de Projetos. “O acesso à informática será destacado, como um recurso pedagógico”, afirmou o subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Wellington Pereira.

A reestruturação dos centros e a construção de novos deles vêm atender à necessidade de criar espaços públicos com computadores conectados à internet e com profissionais capacitados a ministrar cursos de formação e a apoiar o uso das tecnologias de informação e comunicação. A Secretaria de Educação conta atualmente com dez agentes de inclusão digital (funcionários concursados) para dar suporte ao projeto. Para o subsecretário de Gestão de Projetos, Rodrigo Fonseca, a concretização deste convênio é uma vitória importante.

– Algumas pessoas acreditam que basta uma emenda parlamentar para os recursos serem liberados, mas não é bem assim. Existe uma série de etapas burocráticas que precisam ser vencidas antes da materialização do investimento – explicou. No orçamento estabelecido no convênio estão incluídos a preparação das salas, com alvenaria, revestimentos, pinturas, instalação de sistema de alarme, fornecimento de extintores de incêndio, instalação elétrica, rede lógica, compra de mobiliários e equipamentos de informática.

As unidades de ensino contempladas são: Telecentro, do Morro da Cruz; E.M. Raul Pompéia (Monsuaba); E.M. Tânia Rita (Belém); E.M. Cornelis Verolme (Verolme); E.M. Tereza Pinheiro (Japuíba); E.M. Júlio Cesar Laranjeira (Balneário); E.M. Maria Hercília Cardoso de Castro (Vila Velha); C. E. H. I. Monsenhor Pinto de Carvalho (Enseada das Estrelas – Ilha Grande); C. E. H. I. João Carolino dos Remédios (Morro da Glória II); E. M. Brigadeiro Nóbrega (Vila do Abraão – Ilha Grande); E. M. Áurea Pires da Gama (Bracuí); E. M. Pedro Soares (Praia do Provetá – Ilha Grande); E. M. Prof. Sylvio de Castro Galindo (Camorim).

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.