Câmara participa de ato pela manutenção de trilhas na Gipóia

Compartilhe!

Mudança no traçado das trilhas prejudica acesso às praias do local.

Na manhã desta sexta-feira, 21, a Câmara Municipal de Angra dos Reis, por meio dos Vereadores Titi Brasil, Léo da Marmoraria e Canindé do Social, participou da caminhada de reconhecimento da trilha entre as praias de Piedade e Jurubaíba, na Ilha da Gipóia. A atividade foi organizada pela Associação de Moradores da Ilha da Gipóia, pelo movimento ‘Praias Livres, Mentes Abertas’, pela Sociedade Angrense de Proteção Ecológica (SAPÊ), dentre outras entidades.

Segundo os organizadores, a trilha existe há centenas de anos e recentemente sofreu um desvio na praia do Peixoto.

– Já perdemos diversas trilhas na ilha, dificultando o acesso às praias. Visando garantir a manutenção dessa trilha e seu traçado original, a comunidade quer sua demarcação e inclusão no Decreto Municipal Nº 5.299 de 18 de maio de 2007 – defendem.

O ato começou às 9h30, quando um grande número de participantes iniciou a caminhada da Igreja de Piedade até a Praia de Jurubaíba, refletindo sobre a necessidade de demarcação da trilha e possíveis riscos à manutenção de seu traçado original.

Depois, aconteceu um encontro com moradores da ilha, na Praia das Flexas. Finalizando o ato, houve uma roda de conversa sobre o fechamento e desvio na Praia do Peixoto.

Segundo a Vereadora Titi Brasil, esta luta será encampada pela Câmara de Vereadores, para que seja garantido o direito de ir e vir das pessoas.

– A reivindicação é que sejam feitos o mapeamento e a demarcação das trilhas centenárias da ilha, para que não aconteça o absurdo que já está ocorrendo na Praia do Peixoto, onde a obra de reforma de uma residência está fechando o acesso tradicional à praia, mudando o trajeto de uma das trilhas. Com isso, os moradores e turistas são obrigados a utilizarem uma escadaria cimentada, dando a volta pela mata em um caminho íngreme, construído para redirecionar o trajeto. Eu e os vereadores Léo da Marmoraria e Canindé do Social acompanhamos a caminhada e sentimos, na pele, o tamanho do problema que ajudaremos a resolver – afirmou a Vereadora Titi Brasil.

O Vereador Léo da Marmoraria também se colocou à disposição da luta.

– Ouvimos os moradores e a Sapê e vamos estudar o caso para tomar as providências necessárias para reestabelecer a passagem dos moradores que há décadas utilizam aquele caminho – defendeu o vereador Leo da Marmoraria.
Quem também demonstrou apoio à causa foi o vereador Canindé do Social.

– Os moradores da Ilha da Gipóia e turistas podem contar com nosso apoio na Câmara de Vereadores – finalizou o parlamentar.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.