Angra recebe o título de “Capital da Sardinha”

Compartilhe!

Com uma homenagem mais que merecida, o município registrou mais de 117 mil toneladas da produção do pescado.

O município de Angra dos Reis foi agraciado pelo Governo do Estado com o título, mais que adequado, de “Capital da Sardinha”. A novidade foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira, dia 8, por meio da Lei de número 7485, deixando a população angrense e o poder público orgulhosos deste reconhecimento à atividade pesqueira na cidade.

O projeto é de autoria do deputado estadual Paulo Ramos, lançado em 2015, sob a justificativa de que Angra detém quase 50% da produção nacional de sardinha, além de possuir um importante terminal petrolífero, o Tebig, que movimenta grandes quantidades de petróleo e posiciona o porto de Angra como um dos mais movimentados do país.

O secretário de Pesca e Aquicultura, Júlio Magno, que desde o início do governo trabalha firme para manter a seriedade e a valorização do setor pesqueiro, recebeu essa decisão com muita satisfação e parabeniza a todos os pescadores e armadores da região. Ele também acredita que, com esse título, o setor pesqueiro está suscetível a receber muito mais investimentos.

– Podemos afirmar agora que foi feita justiça ao nosso município, que historicamente, sempre foi um grande produtor de sardinha. Destaco minha felicitação aos trabalhadores de pesca, que mesmo diante de todas as dificuldades encontradas mantiveram-se firmes, acreditando sempre no crescimento desse setor. Agora, creio que esse título poderá atrair mais investidores no setor pesqueiro – registra Magno.

O secretário afirma ainda, que a Prefeitura de Angra, além de ser a única do Estado a manter uma secretaria de Pesca, é também a única que ainda trabalha na produção da estatística pesqueira, que registrou nos últimos quatro anos, mais de 117 mil toneladas de produção de sardinha

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.