Angra dos Reis promove I Encontro de Vigilância Sanitária

Compartilhe!

A Prefeitura de Angra dos Reis, por meio da Secretaria de Saúde, realizou, de quarta a sexta-feira, dias 5 e 7, no auditório da Defesa Civil, o I Encontro de Vigilância Sanitária de Angra dos Reis. O objetivo foi promover a conscientização da sociedade e dos profissionais de vigilância sanitária numa perspectiva de proteção à saúde e melhoria da qualidade de vida. No dia 5, primeiro dia do evento, comemora-se o nascimento de Oswaldo Cruz, maior nome da vigilância sanitária no Brasil. O secretário de Saúde, Rodrigo Oliveira, que representou o governo municipal, destacou a importância do trabalho conjunto entre as equipes de saúde e vigilância.

– Eu não posso perder a oportunidade de elogiar e agradecer publicamente a equipe de vigilância sanitária do município, que é muito bem coordenada e vem conseguindo construir um processo muito importante na politica pública de saúde. O SUS, quando foi criado, tinha o pensamento de que saúde é muito mais do que cuidar de doença. É preciso organizar todo um conjunto de ações que inclui proteção, prevenção e também acesso a ações médicas, e isso passa pela vigilância sanitária. É essencial ter um processo que consiga proteger e garantir a melhoria da qualidade de vida da população, e isso vai muito além de um atendimento de emergência – destacou o secretário.

Durante os três dias do encontro, houve um ciclo de palestras e debates de diversos temas, como a falsificação de medicamentos e o controle sanitário de tabaco no Brasil. Na quinta-feira, 6, Larissa Vieira Correa, do Laboratório Central (Lacen), falou sobre a rotulagem de suplementos alimentares, e Solange Costa Miranda, gerente de Resíduos do Hospital Geral de Nova Iguaçu, ministrou uma palestra sobre responsabilidade e sustentabilidade. O dia também contou Mônica Freire Vallim de Mello, médica e subgerente de Orientações em Saúde, que abordou o tema “doenças transmitidas por alimentos”; além da equipe da Vigilância Sanitária de Angra dos Reis, que falou sobre os manipuladores de alimentos.

Na sexta-feira, dia do encerramento, esteve em pauta o processo administrativo sanitário e a vigilância na atenção básica. Jorge de Almeida Curcio, coordenador do Centro de Referência Estadual em Saúde do Trabalhador, da Secretaria de Estado de Saúde, finalizou as atividades com uma palestra sobre a saúde do trabalhador.

Redação

Site de notícias da região da Costa Verde fluminense: Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty.