Viaturas para a PM serão entregues na segunda

A solenidade de entrega acontecerá em frente à Prefeitura, às 15h, e contará com a presença do comandante geral da PM

A entrega das 20 viaturas que estão sendo doadas pelo Município à Polícia Militar acontecerá na próxima segunda-feira, 18, às 15h, em frente à sede da Prefeitura de Angra dos Reis, na Praça Nilo Peçanha. Depois da cerimônia acontecerá uma visita ao imóvel cedido pela Prefeitura, no São Bento, para abrigar a 2ª Companhia da PM na cidade. Os veículos, comprados por R$1,3 milhões com dinheiros do município, chegaram à cidade nesta quinta-feira.

Segundo informações da Prefeitura de Angra, na última semana, o prefeito, que estava acompanhado do superintendente de Segurança Pública, major Francisco Seixas, cobrou novamente do comandante Luis Claudio Laviano uma atenção maior ao município, com o aumento de efetivo para a região e rondas noturnas. O coronel se comprometeu a reforçar o policiamento no município e elogiou as iniciativas de Fernando Jordão para ajudar a PM no combate à violência.

Números da Violência preocupam

Dados revelados pelo Angranews, com base em estatísticas do Instituto Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP) mostram um aumento expressivo nos índices de violência em Angra dos Reis no comparativo dos primeiros quadrimestres de 2017 e 2018. Ao todo foram feitos 1.594 registros de ocorrência no município em 2018, contra 1.105 do ano passado.

Neste período foram registrados 58 homicídios dolosos (quando há intenção de matar ). No ano anterior foram 39. Tentativas de homicídio somaram-se 106 nestes primeiros quatro meses de 2018, contra 69 no mesmo período do ano passado.

Medidas para tentar frear a violência

De acordo com a Prefeitura de Angra, o município criou em 2017 a Superintendência de Segurança e está prestes a criar a guarda municipal. Além da doação das 20 viaturas, diversas ações foram empreendidas pela Prefeitura para colaborar com a segurança pública, dentre elas choque de ordem da Rua Coronel Carvalho; contratação de 46 policiais, através do Proeis, para trabalhar em diversos bairros da cidade, dia e noite; cessão de um prédio, no Centro, para a instalação de uma 2ª Companhia da PM; construção, já iniciada, de um DPO na Monsuaba; cessão dos Centros de Informações Turísticas da Serra D’Água e da Garatucaia para a instalação de novos DPOs e a retomada das 45 câmeras de monitoramento da cidade que está em processo de licitação.

Segundo dados de empenhos registrados até o mês passado no Portal da Transparência de Angra dos Reis, a presença do Proeis na cidade deverá custar ao município R$4.823.428,85 em 2018. Este cálculo agrega convênios com a Secretaria de Estado de Segurança para a compra de 20 viaturas que serão doadas para a Polícia Militar, contratação dos policiais do programa e salários de servidores requisitados.

Disque-Denúncia de Angra completa um mês com 63 denúncias

O Disque-Denúncia de Angra dos Reis completou um mês. Neste período, segundo o Instituto MovRio, responsável por receber as ligações, o serviço recebeu 63 denúncias, sendo 32 através do telefone 0300-2531177 ( preço de uma ligação local) e 31 do aplicativo para celular “Disque-Denúncia RJ”.

A maior parte das denúncias (34) foi referente ao tráfico de drogas e o bairro que mais recorreu ao disque-denúncia foi o Frade com 11 denúncias, em seguida veio o Centro com seis e a Praia do Machado com cinco.

Comentários