Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Unidades de saúde de Jacuecanga e do Frade não serão fechadas

Início das obras só será definido após discussão com os moradores e vereadores para alternativas de atendimento nas comunidades envolvidas.

Cerca de uma semana após o início dos boatos, a Prefeitura de Angra desmentiu na manhã desta quinta-feira, 31, os rumores de que o governo pretende fechar as unidades de saúde do Frade e de Jacuecanga.

Segundo comunicado, elas serão reformadas porque os prédios que abrigam essas unidades estão com problemas estruturais.

Após diversos estudos, concluiu-se que o atendimento nos SPA’s durante a realização das obras traz muitos riscos, sendo necessário estabelecer junto aos Conselhos Gestores alternativas para que os usuários e servidores públicos não fiquem em risco”.

Ainda de acordo com o governo, “não há data definidoa para o início das obras. Antes, o assunto será amplamente discutido com os moradores e vereadores para, juntos, encontrar alternativas para não interromper o atendimento durante a obra. O assunto já foi tema de reunião realizada na última segunda-feira, 28, na sede da Associação de Moradores do Village e uma comissão foi formada para acompanhar às discussões.

As reformas não acontecerão juntas, ou seja, primeiro será reformada a unidade de Jacuecanga e depois a do Frade. Jacuecanga será um piloto para a segunda reforma, no Frade. Todos os erros apontados na primeira obra serão corrigidos na segunda obra”.

BUSCA POR ALTERNATIVAS

A Câmara municipal está buscando, junto ao Executivo, alternativas para que o atendimento às comunidades não seja interrompido durante as obras.

O vereador Zé Augusto já solicitou que, durante as obras no Posto de Jacuecanga, o atendimento aconteça na unidade da Monsuaba, que passaria a atender 24h no período, mantendo assim o atendimento dos moradores da região.

Para o Frade, há um consenso para que a prefeitura termine as obras dos módulos de Saúde que estão em construção no bairro antes que o Posto 24 horas seja reformado, impedindo assim a interrupção dos serviços.

Comentários