Torcedor Solitário impedido de trabalhar

Por conta de Festival Gastronômico, Daniel Oliveira não poderá buscar seu sustento neste final de semana.

Daniel e seu carrinho de paletas mexicanas

Daniel Oliveira, o torcedor do Angra Esporte Clube que ficou mundialmente conhecido como “Torcedor Solitário”, que trabalha vendendo paletas mexicanas no Cais de Santa Luzia, foi impedido de trabalhar durante este final de semana, quando ocorre no local um festival gastronômico. Em uma postagem em seu perfil do Facebook, ele desabafou:

– Hoje fui trabalhar, está em baixa temporada e eu trabalho apenas três dias na semana. Meu salario não é grande coisa, na minha casa somente eu e minha mãe trabalhamos. Meu pai está desempregado e minhas irmãs são pequenas. E no trabalho chegaram alguns fiscais e mandaram eu me retirar, motivo? Vai ter um evento de bacana, uma tal de feira gastronômica e eles não querem camelôs nas ruas. Beleza, o evento é pra quem tem grana e quem tem que trabalhar e ralar muito pra ter perde o direito de poder ter? Escrevo esse texto chorando, pois estamos no inverno vou perder dois dias de sol, dois dias de movimento bom – desabafou o Torcedor Solitário, que esta semana foi homenageado na Câmara.

Na página do jovem, dezenas de comentários e centenas de compartilhamentos lamentavam o ocorrido.

 

Atualização (24/06 – 16h) – Neste sábado, após a repercussão deste caso e a intervenção dos organizadores do evento, o trabalho dos ambulantes foi liberado no local.

Comentários