Terreno ao lado de creche vira Lixão no Frade

Empresas vêm utilizando uma área localizada, ao lado da Escola Municipal Prefeito José Luiz Ribeiro Reseck e outra atrás da Creche Sérgio Louzada Tavares, ambas na Rua Boa Esperança, no Frade, para descarte de entulho e lixo. Moradores do local procuraram o Angranews após realizarem inúmeras denúncias à Sub-prefeitura da Região, à políticos e aos Órgãos Ambientais.

Os moradores se queixam que diariamente motoristas de caminhões utilizam os terrenos para esvaziar caçambas cujo conteúdo depois é separado e levado para um terreno próximo à Unidade de Pronto Atendimento do Frade. Eles afirmam que desde que a área começou a ser utilizada como depósito de lixo, há cerca de um ano, o volume de mosquitos, caramujos africanos e ratos na região aumentou.

Nesta semana estivemos no local e presenciamos o drama que os moradores da localidade passam diariamente, já que além do entulho deixado pelos caminhões, o local se tornou um ponto informal de descarte de lixo doméstico.

No meio do material, que possuía um cheiro forte de decomposição, era possível identificar restos de móveis, garrafas plásticas, galhos, sucata de aparelhos eletrônicos e lixo doméstico.  Pontos de acúmulo de água, que podem se tornar criadouros do mosquito da dengue também foram identificados

Os moradores da Rua Boa Esperança esperam que o município tome providências para recuperar a área, já que segundo eles, em dias quentes, o cheiro forte chega a atrapalhar a rotina dos alunos da escola e da creche.

De acordo com informações do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), não há na Costa Verde nenhum local licenciado para receber entulho de obra e o único aterro sanitário oficial de Angra encontra-se no Ariró.

Em contato com o Angranews, técnicos do INEA afirmaram que irão vistoriar os terrenos da Rua Boa Esperança ainda nesta semana.

Vale destacar que denúncias sobre crimes ambientais podem ser feitas diretamenta ao INEA pelo e-mail fiscalizacao.supbig@gmail.com ou pelo telefone (24)8854-1284

Comentários