Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Tarrafa: Cutucando a onça

Bomba silenciosa

Na última semana o Jornal Maré Alta trouxe em sua capa uma bomba que circulava silenciosa pelos corredores do Poder Legislativo. A Vereadora Vilma dos Santos foi condenada a 12 anos de prisão em regime semi-aberto no caso do Centro Social do Perequê.

Aliás…

Segundo alguns  políticos este assunto, que estourou às vésperas das eleições de 2010 (sendo inclusive capa de vários jornais), foi o responsável pela não eleição de Vilma para uma cadeira na Assembléia Legislativa. O outro motivo seria o excesso de candidatos migrantes…

Por sinal

No curso deste processo,  a parlamentar chegou a ficar detida por um tempo. A acusação na época, foi coação de testemunhas.

O risco

É que caso haja uma condenação em segunda instância, Vilma dos Santos pode ficar inelegível, devido  à lei da Ficha Limpa, que já está em vigor.

Tintim por tintim

A assessoria de Vilma dos Santos garantiu que no próximo dia 14, em uma entrevista coletiva, vai detalhar todos os aspectos da decisão judicial.  E, vai ainda  pontuar  as  estratégias do seu  corpo jurídico para recorrer  da  decisão.

Cutucando a onça!

De quatro em quatro anos dois assuntos, que estão entre os preferido dos angrenses, tomam as ruas. Aliás, desta vez, nas redes sociais… o “debate” sobre Prosanear X Cartas Marcadas já começou. Pessoas ligadas ao PMDB e ao PT de Angra já postam nos diversos grupos da internet acusações e mais acusações sobre os maiores “escândalos” das administrações do PT e do PMDB no município. E tem gente que realmente entra na pilha e perde as estribeiras.

O interessante

É que, se por um lado a briga já dá a tônica das próximas eleições, do outro fica claro que na cabeça da população, os assuntos ainda merecem explicações. E ai, quem encara?

Apagando fogueira com gasolina

Deixo a proposta – Por que os vereadores não abrem logo duas CPIs: uma do Prosanear e a outra dos Cartas Marcadas. Mas para a coisa ficar mais interessante e evitar que acusem marmelada, que tal deixar o controle de cada uma com o outro lado?

Aliás…

Em paralelo aos que gostam de alfinetar o lado oposto, há um grupo crescente que prefere a discussão de propostas. Algo que até o momento não começou (e segundo alguns tem chance de nunca começar). Mais um desafio para os marqueteiros…

A escolha dos vices

Neste final de semana o mistério de quem serão os vices de Conceição Rabha e de Fernando Jordão finalmente deverá chegar ao fim. As apostas estas estão altíssimas nos nomes de Leandro Silva e Jorge Eduardo, respectivamente.

A dúvida

É se Aurélio Marques e João Carlos Rabello continuarão com suas candidaturas. Há quem aposte que eles unirão forças para enfrentar a dicotomia, por outro lado há quem garanta que eles abandonarão a corrida pelo Palácio Raul Pompéia.

Apagando as velinhas

O PDT de Angra promove neste sábado, dia 12, uma grande festa para comemorar o aniversário da legenda. A festa será ‘as 14h, no Clube Vera Cruz.

Lindberg em Angra

O senador Lindberg Farias garantiu que este final de semana estará em Angra para compromissos políticos. Segundo alguns, ele poderá participar do evento que Leandro Silva promoverá na Japuíba. O comentário é que o vereador aproveritará o evento para abrir mão de sua candidatura para ser vice da chapa do PT.

Sigilo furado

Não há nada mais furado do que o sigilo nos dados de pesquisas em Angra. Os partidos até tentam guardar segredo, mas invariavelmente os dados vazam. Quanto pior o resultado para a parte contratante, mais rápido corre o boato. O pior é que os arapongas normalmente são os próprios militantes.

Aliás…

Esta semana vazaram dois, cujos resultados não batiam. em um determinado candidato ganhava vantagens, no outro recuava. a única leitura que podemos tirar é que a coisa continua muito embolada.

Menos um

Segundo informações que circulam nas redes sociais, o PTN de Angra foi destituído e seu pré-candidato, Ajandir Soares ficou de fora das eleições deste ano.

Questão respondida

Esta semana, o Secretário de Fazenda do Município, Fernando Argolo, explicou os porques da penúria do município. Segundo ele, o motivo principal começou há dois anos,  quando a  Petrobrás creditou a exportação de óleo que passou em Angra no CNPJ de Macaé. O fato foi identificado no final do ano passado.

Aí…

O município entrou na justiça e conseguiu uma liminar garantindo o repasse, só que este mecanismo jurídico foi derrubado pelos advogados de Macaé.

Cadê o documento?

Segundo Argolo, a Petrobrás até agora não apresentou as notas fiscais que (em tese) poderiam significar que Angra recupere estes R$60 Milhões anuais. Angra já entrou até na justiça para ter acesso aos documentos

Contando com o ovo

Por que será que mesmo sabendo que os valores (R$5Milhões por mês) estavam comprometidos, o município inclui eles no orçamento deste ano? Não seria melhor esperar a conclusão dos processos antes de convidar os amigos para uma fritada? Depois seria só fazer um aditivo e tudo certo.

Na conta

O Vereador Aguilar Ribeiro não poupou palavras e colocou a culpa da penúria das contas públicas no então Prefeito em Exercício Essiomar Gomes, que segundo ele, gastou sem responsabilidade. “Quebraram o governo com dois meses de mandato”, ressaltou em sua fala na Câmara.

Aliás

Aguilar, na ocasião, lembrou de um suposto “golpe” que ensaiaram para que Tuca não voltasse à Câmara.

Picotaram o TeBIG

Aguilar denunciou também que as Audiências Públicas do TeBIG, tanto a de Brasília quanto a da ALERJ foram editadas antes de ir ao ar na TV Câmara. Segundo ele, no material que foi ao ar “cortaram” as falas mais contundentes, ele citou a do Deputado Vitor Paulo, que você, leitor do Angranews escuta inteira aqui.

Falou o que quis

Nesta semana, o Léo da Marmoraria, pré candidato do PMDB à vereança, entrou com uma ação judicial contra Douglas de Oliveira, que seria filiado ao PT. O motivo é que o (suposto) petista acusou o peemedebista de pagar R$15 para cada um dos que foram de ônibus, na semana passada, “assistir” a Audiência Pública do TeBIG na ALERJ. Léo nega o pagamento e agora, Douglas terá que provar o que afirmou. Agora é com a justiça, mas fica o aviso e a tônica do porvir.

Comentários