Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Tarrafa: Com a claque de fora

A vaia do Minc

Ao contrário da expectativa geral, o Secretário Estadual do Ambiente Carlos Minc participou da Audiência pública da ALERJ sobre a ampliação do TeBIG. Ele falou, falou, falou e no final disse pouco… ou melhor reafirmou o que já tinha dito durante uma entrevista  a  Rádio Costazul FM.

Qual o motivo afinal?

Minc não deu explicativas técnicas para a decisão dele, e dos secretários Júlio Bueno e Felipe Pacheco, de não liberar a ampliação do Terminal, mas deixou claro que o grupo tem a anuência do Governador Sérgio Cabral.

Aliás…

Comenta-se que se Carlos Minc não tivesse as costas muito quentes com o governador, ele não teria a postura “arrogante”  que têm na questão do TeBIG e  com seus atores.

Por sinal…

Segundo gente presente na reunião do TedX Baía da Ilha Grande a atitude do estado em relação  a região já era esperada. Os interesses e os interessados são realmente grande$ por aqui.

Mas…

Embora não haja uma explicação técnica, há apenas a explicação política… não querem ampliar por questões, aí sim,  políticas, fecha aspas, e ponto. Afinal, como bem lembrou o Deputado Estadual Luiz Paulo Correia, no final as decisões são políticas e que esta não é diferente e cabe ao Governador Sérgio Cabral. Ele lembrou que o complexo do Porto de Açu (em São João da Barra) causa um dano ambiental muito maior que o do TeBIG e que mesmo assim a licença foi liberada em tempo recorde.

Novidades

Não foram apresentadas grandes novidades na Audiência Pública na Alerj. Basicamente os argumentos e posicionamentos foram os mesmos de todas as reuniões e entrevistas dos atores, a exceção foi a óbvia participação da ALERJ e a entrada  em cena do Senador Lindberg Farias no assunto.

Confusão

No meio de duas campanhas, uma pelo Sim ao TeBIG e outra pelo Não ao porto de Jaconé, o Senador Lindberg Farias se confundiu e se disse favorável ao porto de Maricá… na sequência uma turba corrigiu a gafe ele se comprometeu oficialmente com a bandeira angrense. Posição aliás que ele já havia tomado durante a propaganda partidária do PT que foi ao ar esta semana.

Aliás…

Lindberg Farias pretende buscar o diálogo com o Governador Sérgio Cabral e com o Secretário Minc para tentar reverter suas posições.  É esperar para ver se o governador tem agenda para atender o Senador, afinal nossos deputados Federais não conseguiram a reunião.

 

Chutando o Balde

O Deputado Fernando Jordão foi categórico e afirmou: “Se a ampliação não acontecer, é melhor entregar nossos cargos públicos porque não vamos ter coragem de encarar a população”, disse ele se referindo também aos vereadores e ao seu colega de parlamento, Luiz Sérgio.

Um ponto

Embora presente em argumentos de algumas pessoas,  não ouvi da Petrobrás a informação que haja o risco do TeBIG fechar caso não seja ampliado. Não me parece lógico que uma empresa que diz precisar ampliar o número de terminais pelo país, deseje fechar um de seus mais importantes (e também maior da América Latina). A conta simplesmente não fecha. Esta é uma pergunta que nossas autoridades deveriam fazer para a Transpetro na próxima Audiência Pública, desta vez promovida pela Câmara Municiapal de Angra, que acontecerá dia 16 no Aquidabã.

Pito

Determinado político de Angra dos Reis tomou pelo menos dois “pitos” do Deputado Gustavo Tutuca, que lá pelas tantas ameaçou até cancelar a Audiência Pública caso o mal educado não se contivesse e deixasse Minc colocar seus “motivos”.

Reincidente

Acontece que este mesmo político mal educado fez a mesma coisa em Brasília. Será que vai fazer a mesma coisa em Angra?

Claque de fora

Determinado político trapalhão pagou pelo menos 4 ônibus para colocar a claque para bater lata no plenário da ALERJ, só que o pessoal teve que ficar para fora da Assembléia. É que parece que esqueceram de perguntar quantas pessoas cabiam no local. Mandaram pelos menos 150 pessoas para a performance, mas no local cabiam pouco mais de cem.  Logo, muitos acabaram fazendo turismo na capital.

Obviamente…

Que a Assembléia precisou priorizar, não se questiona. Entraram políticos, alguns assessores e a imprensa. Enquanto alguns da claque até queriam entrar com faixas e cartazes, outros aproveitaram para …. passear, comprar….. No final o que valeu foi o bom senso.

Dança das cadeiras

Para se ter noção do tamanho do auditório, as cadeiras estavam tão concorridas que quando eu levantei para bater a foto da saída do Minc, um deputado estadual sentou no meu lugar, após ser informado de que a cadeira tinha “dono” ele levantou e compôs a mesa.  Ainda bem, pois sua fala  contribuiu para oxigenar o processo e encaminhamento de propostas.

Mas

Alguns   que  participaram do  “Tebigtur”  nem sabiam direito o que estavam fazendo no Rio, só que foram convocados e tinham que ir. Teve gente que até passou mal no ônibus.

Chapa branca

Digo e repito, o povão ainda não abraçou a causa da ampliação do TeBIG, embora haja a clara participação de todas as linhas políticas locais, a população ainda não sabe do que se trata. Criar esta empatia na causa é o grande desafio do “movimento”.   Não custa lembrar que o Tebig gera hoje, diretamente cerca de 200 empregos diretos e para trabalhar na Petrobras só aprovado em concurso público.

Fico imaginando…

Que se a questão da falta de licenças fosse no Brasfels ou na própria  usina Angra 3, que empregam diretamente milhares de pessoas, a mobilização popular seria diferente, já que todo mundo conhece pelo menos uma pessoa que trabalha nestes empreendimentos. O problema é que o TeBIG, mesmo tendo uma importância econômica fundamental nas contas municipais, é isolado e emprega relativamente pouca gente, o que dificulta a criação desta empatia. A população não sabe o que a ampliação, ou não, do terminal afetaria seu cotidiano. Taí o desafio para os nossos magos da comunicação.

Lindberg em Angra

O Senador Lindberg Farias virá à Angra dos Reis no próximo dia 12. Ele participará de um importante evento e de algumas reuniões políticas.

Conceição e Jordão não!

Ao contrário do que algumas pessoas vêm divulgando por aí não há qualquer possibilidade de composição entre o PT e o PMDB de Angra dos Reis.

Aliás…

Segundo dizem por aí, o PT está quase certo de quem será seu vice, enquanto a possibilidade do PMBD vir com uma chapa puro sangue só aumenta. Pelo que comentam a dúvida entre os correligionários de Fernando Jordão é se ele terá um vice ou uma vice. É aguardar para ver…

Problemas à vista

Com a interessante sigla P.E.D.E., a Prefeitura de Angra lançou um programa para que inadimplentes possam quitar suas dívidas e conseguir antecipar pagamentos para conseguir descontos em impostos. O município só esqueceu de passar a proposta pela Câmara e alguns vereadores já falam por aí que vão pedir informações sobre quem serão os maiores beneficiados pela medida.

O Mistério continua

Ainda não explicaram os motivos de Angra continuar batendo recordes de arrecadação e estar com problemas de orçamento.

 

 Tudo certo

Um  prefeitável de forma  atabalhoada mostrava para todos possíveis eleitores as certidões negativas, e  garantia: “Não tenho processo posso ser candidato”  Se a moda  pegar  será ótimo para todos.

Barata x Barato

Ônibus  barato ,a um real, todos conhecem. Mas  viagem com barata a um real, todos dispensam…mesmo que as vezes a surpresa só surja no meio da viagem.

Comentários