Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Sopro de Vida: Construindo uma imagem com diferenciação

Ultimamente tenho ouvido falar em diferenciação como se fosse a coqueluche do momento, mas infelizmente, pouca gente entende isso e menos gente ainda se presta a explicar o que de fato é criar uma imagem diferenciada.

Gerar diferenciação nos dias de hoje é essencial. Vivemos em uma época onde a experiência com uma marca suplanta em muito a experiência com um produto. Principalmente em um mundo onde as vitrines são virtuais e onde o contato se dá através de impressões, muitas das vezes de terceiros, através de um determinado produto ou serviço.

Importante então é entender que a diferenciação observa uma sequência lógica (mas não absoluta), que pode ser traduzida pelas impressões: Funcional, Mecânica e Humana.

Em primeiro lugar a diferenciação deve ser Funcional, ou seja, só pode almejar diferenciação aquele que tem um funcionamento melhor que a média do mercado. Não adianta prometer uma experiência que nunca acaba acontecendo. A diferenciação funcional é o start do processo, nem pense em prosseguir se não a tiver.

Depois de funcionar, seu produto ou serviço deve oferecer algo mais, aí entra a diferenciação Mecânica. É o que o mercado gosta de chamar de “plus”. É o banco de couro do táxi, a música ambiente ou uma boa aplicação de marketing olfativo na cafeteria, o e-mail ou a carta que chega ao cliente em um dia importante para ele… Para falar claramente, a diferenciação mecânica é responsável por agradar o cliente.

Por último, no topo da pirâmide da diferenciação, encontra-se a diferenciação Humana. Não adianta fugir, as pessoas são a cereja do bolo de qualquer estratégia de diferenciação. Os profissionais da linha de frente de qualquer empresa são os responsáveis por encantar o cliente (superar expectativas + garantir que ele volte e traga outros com ele) e garantir que toda a experiência foi bem sucedida.

É legal ler as coisas da moda, falar e escrever o vocabulário da moda, ou seja: estar na moda. Mas é fundamental saber que existem coisas que não mudam nunca, e que delas depende todo o sucesso de uma marca. Então, mãos à obra! Botar para funcionar, cercar de vantagens e garantir o melhor atendimento. Isso sim é diferenciação!

Se você gostou desse artigo e quer saber mais como a Diferenciação pode fazer bem para sua empresa, faça contato ou deixe seu comentário.

Rafael Fonseca é especialista em Marketing Empresarial pela UFF e divide seu tempo entre a TV por Assinatura e Gestão de Marcas.

Facebook: facebook.com/vagareios
Twitter: twitter.com/vagareios
www.soprodevida.com.br

Comentários