Sobe para sete o número de mortes por Febre Amarela em Angra

No total 12 casos da doença foram confirmados em Angra. Mangaratiba possui uma ocorrência.

No total 12 casos da doença foram confirmados.

Na noite desta segunda-feira, 19, a Secretaria de Estado de Saúde confirmou que chegou a sete o números de mortos por Febre Amarela em Angra dos Reis. No total foram confirmados 12 casos da doença. Em Mangaratiba foi registrado um caso da doença em humanos.

Na região também foram identificados dois macacos contaminados por Febre Amarela, um em Angra e outro na Ilha Grande, em Angra dos Reis.

Vale destacar que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos. Ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo, com movimentos lentos etc.), o cidadão deve informar o mais rápido possível às secretarias de Saúde do município.

De cordo com as últimas informações da Secretaria de Saúde de Angra, 65% da população do município já foi imunizada contra a doença, sendo que na Ilha Grande, onde os casos foram registrados, este número chega a 98%.

Mangaratiba vai intensificar campanha contra febre amarela

Mangaratiba vai intensificar campanha contra febre amarela

Enfermeiros, técnicos de enfermagem, agentes de saúde e voluntários de Mangaratiba passaram por um treinamento promovido pela Secretaria de Saúde e Defesa Civil, na segunda-feira, dia 19, no Centro Cultural Cary Cavalcanti. O objetivo é vacinar mais pessoas contra a febre amarela.

“Já estamos em 119% de pessoas vacinadas, mas sabemos que esse número não corresponde ao número real de moradores. Muitos são de fora”, disse a coordenadora de imunização Carla Motta.

Somente em janeiro mais de 11 mil doses foram aplicadas na cidade. O objetivo agora é intensificar a imunização nas ilhas e limites com as cidades vizinhas. As visitas às residências também vão aumentar nos próximos dias, adiantou a profissional.

Comentários