Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Sem seguro, usinas nucleares de Angra 1 e 2 podem parar

As usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 podem ter de parar de operar no fim deste mês por conta da falta de seguro. A apólice das duas unidades, que era feita pelo Bradesco, venceu no dia 30 de setembro e o fato do banco não ter renovado pegou de surpresa a própria Eletronuclear. No “sufoco”, segundo o jornal O Globo, a  apólice do Bradesco foi renovada por mais um mês, prazo que vence no dia 30 deste mês. A Eletronuclear iniciou conversas com outras seguradoras, uma chegou a negociar a apólice, mas desistiu. A apólice paras usinas têm duração de três anos. No caso de Angra 1 e Angra 2, o valor somado é de US$ 1,3 bilhão.

As duas usinas de Angra geram 648 megawatts médios, o que equivale a 0,94% de toda a energia gerada no país. Os dados são referentes ao dia 16 de outubro, segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Procurada, a Eletronuclear não estava disponível para comentar. Também ainda não foram encontrados representantes do Bradesco. As informações são do jornal O Globo.

Comentários