Prefeitura se reúne com a Caixa para tentar retomar obras paralisadas


Warning: getimagesize(/var/www/angranews/wp-content/uploads/2017/02/Praia-da-Chácara-foto-Wagner-Gusmão-24.jpg): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/angranews/wp-content/themes/gutenmag/includes/custom.php on line 330
Praia da Chácara foto Wagner Gusmão (24)
Compartilhe!

A Prefeitura Municipal de Angra dos Reis está lutando com todas as suas forças e “armas” para retomar contratos com o Governo Federal para a realização de obras e que estavam paradas seja por falta de ação do município ou de repasse ou análise de material por parte do Ministério. No último dia 7, um grupo de servidores se reuniu com a Caixa Econômica Federal, em Volta Redonda, para análise dos contratos em andamento.

A reunião foi com a Caixa porque o órgão é o agente financeiro do Governo Federal. O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, Alexandre Giovanetti, acompanhou a reunião. “É fundamental uma aproximação institucional junto à Caixa, uma vez que a sintonia profissional entre as entidades reflete diretamente na agilidade do andamento dos contratos, que por sua vez, trazem de forma célere os investimentos à nossa cidade”, esclareceu o seu secretário.
O intuito é a retomada ou até mesmo o início de todos estes investimentos conquistados que, fora a execução da rede de esgotamento da sub-bacia G, todos encontram-se sem atividades no momento. Entre as obras já iniciadas que necessitam de retomadas, destacam-se o CRAS do Belém e os equipamentos esportivos da Praia da Chácara e de Mambucaba.

Em março acontece a licitação do 1º módulo da ETE da Praia da Chácara

As obras de saneamento básico, do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), que é inter-relacionada com saúde pública e meio ambiente (bacia G – Parque das Palmeiras e Pac 2 – Mambucaba) correspondem a aproximadamente R$ 45 milhões de reais, o que significa quase 90% do valor total da carteira de contratos em vigor junto à Caixa. Neste caso, está sendo providenciada a licitação do 1º módulo da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE da Praia da Chácara já para o próximo mês de março, em complementação a rede de coleta já em andamento. Quanto ao PAC2 Mambucaba, o governo está aguardando uma avaliação do material encaminhado no final do ano passado, por parte do Ministério das Cidades para dar celeridade à isto.