Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Prefeitura discute melhoria na coleta do Abraão no Carnaval

Em parceria com a comunidade local, a Prefeitura de Angra dos Reis está preparando um reforço nos serviços de coleta e retirada do lixo e de resíduos sólidos da Ilha Grande durante o período de Carnaval.

Nesta quinta-feira, 28, a Secretaria de Governo promoveu um encontro na sede da prefeitura para debater a questão. Além de entidades representativas da Ilha Grande, participaram do encontro representantes da empresa contratada para a coleta de lixo, da Secretaria de Obras e da Fundação de Turismo (TurisAngra). O subprefeito da Ilha Grande, Antônio Cordeiro, também participou da reunião. As ações visam evitar o acumulo de lixo durante o feriado prolongado de Carnaval.

Os moradores apresentaram um panorama dos problemas da coleta de lixo na ilha, em especial no Abraão, que se agravam em feriados prolongados e em dias festivos. Queixaram-se de que no último final de ano, a coleta não foi suficiente, gerando transtornos em diversos pontos da localidade.

— Reconhecemos o esforço das pessoas que fazem a coleta de lixo na Vila do Abraão. Não são todos os bairros que têm duas coletas diárias. O serviço está muito bom. O problema é que muito bom não é suficiente para o Abraão. Lá tem que ser excelente. A associação está disposta a colaborar com as ações da prefeitura, mas precisamos de soluções rápidas e efetivas. Temos que parar de fazer reuniões e começar a fazer as coisas acontecerem — disse Alberto Marins, o “Latino”, da Associação de Moradores do Abraão (AMA).

Os representantes da prefeitura concordaram que a coleta de lixo na Ilha Grande tem problemas e que na Vila do Abraão, com maior população e maior fluxo de turistas, a situação é mais grave. Mas garantiram que todo o planejamento está feito pra minimizar os problemas.

— A Ilha Grande está recebendo um número excepcional de turistas e produzindo resíduos e entulhos numa escala muito maior do que em anos anteriores. Nosso contrato previa a coleta de uma quantidade determinada de resíduos, mas temos trabalhado com um quantitativo muito maior. Apesar disso, estamos nos planejando para que o lixo não se acumule e para que tenhamos uma coleta eficiente durante o feriado — disse o secretário de Obras, Luiz Antônio Dias.

Ao final da reunião, ficou encaminhado ainda que a empresa de coleta de lixo vai recolher entulhos que estão espalhados pela Vila do Abraão, fazer duas viagens diárias com a embarcação responsável pela retirada do lixo da vila durante o Carnaval e enviar uma equipe extra, durante a próxima semana, para normalizar o serviço na comunidade.

Para tornar mais eficiente a coleta e o tratamento dos resíduos na Ilha Grande, a subprefeitura local, com apoio da TurisAngra, realizará uma campanha de conscientização com moradores e sobretudo comerciantes, em especial os de setores como lanchonetes, supermercados e restaurantes.

— É preciso mudar a forma como algumas empresas lidam com os resíduos que geram. O lixo não é problema exclusivo da prefeitura e sim de todos. É lamentável, por exemplo, que algumas empresas e até moradores que convivem com o turismo na Vila do Abraão joguem seu lixo nas ruas imediatamente após o horário de coleta. A conscientização dará orientações importantes para que o lixo não fique acumulado nas ruas. Em paralelo, por sugestão do subprefeito Cordeiro, a prefeitura avaliará a possibilidade de criar um decreto especial para a Ilha Grande, ordenando o lixo e outras condutas vedadas nesse território. A Ilha Grande representa grande parte da atividade turística de Angra dos Reis, mas todos temos que cuidar desse potencial com responsabilidade — disse Klauber Valente.

Participaram da reunião, representando o poder público, os secretários de Governo, Robson Marques, e de Obras, Luiz Antônio Dias; o presidente da TurisAngra, Klauber Valente; o subprefeito da Ilha Grande, Antônio Cordeiro; e o subsecretário de Serviço Público, José Carlos de Souza; além de representantes da empresa Limppar, responsável pela coleta de lixo, Manoel Ramos e Degmar Goudar. Representando as entidades sociais e comerciais da Ilha Grande, estavam Alberto Marins e Audrey Nobrega, da Associação de Moradores do Abraão (AMA); Frederico Brito e Cezar Augusto, da Associação de Meios de Hospedagem da Ilha Grande (Amhig); Nelson Palma, da Organização para Sustentabilidade da Ilha Grande (Osig); Renato Marques, da Associação Curupira de Guias; Walmir dos Santos e Luiz Paulo Oliveira, do Grupo Ecológico de Voo da Ilha Grande (Gevig).

Comentários