Paraty, cidade empreendedora

Onze novos municípios participam do segundo ciclo do programa do SEBRAE em todo o estado.

Nesta quarta-feira, 06, o município de Paraty ingressou oficialmente no Programa Cidades Empreendedoras. Junto com outros 10 municípios do estado, a cidade participa do 2º ciclo do programa 2018/2019, que é desenvolvido pelo Sebrae/RJ. A iniciativa é desenvolvida por meio de um game entre os municípios envolvidos, com objetivo de engajar as gestões municipais na promoção de políticas públicas favoráveis ao desenvolvimento de micro e pequenas empresas.

O prefeito Carlos José Gama Miranda assinou no dia 4 um Termo de Compromisso, a partir do qual está sendo montado um Comitê Gestor em Paraty. Formado por secretários municipais de governo, fazenda, administração, planejamento, saúde, meio ambiente, educação, além de agentes de desenvolvimento, procuradoria, lideranças empresariais, representantes do legislativo local e equipe do Sebrae/RJ, o Comitê se reunirá mensalmente para deliberar e aprovar as ações a serem implementadas. No primeiro encontro, nesta quarta-feira, os integrantes do Comitê já realizaram um workshop, onde responderam a um Diagnóstico. Foi a primeira das 11 cidades desse ciclo do programa a realizar tal atividade.

“O programa atua em diversas frentes para desburocratizar os processos internos nas prefeituras, aumentar o volume de compras com fornecedores locais, entre outras ações voltadas para melhoria do ambiente de negócios para micro e pequenas empresas”, afirma a coordenadora do Sebrae na Costa Verde, Patrícia Rocha. “Como tem um formato de jogo, os municípios participantes competem entre si, pontuando e avançando no game a cada ação desenvolvida, mas na verdade todo mundo sai ganhando com o desenvolvimento econômico trazido pelas políticas públicas”, conclui.

Além de Paraty, participam deste 2º ciclo os seguintes municípios: Bom Jesus do Itabapoana, Bom Jardim, Maricá, Miguel Pereira, Queimados, Resende, São João da Barra, São João de Meriti, São José do Vale do Rio Preto e Saquarema.

Ciclo 2017/2018

No primeiro ciclo – 2017/18, o município de Nova Friburgo ganhou o game, seguido de Petrópolis, em segundo lugar, e Volta Redonda, em terceiro. Entre as conquistas deste ciclo, cerca de 90% dos municípios participantes passaram a emitir alvarás para licenciamento empresarial online e integrado com os demais órgãos do estado e do governo federal envolvidos no registro empresarial; parte deles implantou a metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP) capaz de disseminar o empreendedorismo nas escolas, despertando a temática entre alunos e professores; e aumentaram o percentual das compras governamentais com micro e pequenos fornecedores.

Além disso, o Programa Cidades Empreendedoras mobilizou diretamente mais de 300 gestores públicos dos municípios de Angra dos Reis, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Itaperuna, Niterói, Nova Iguaçu, Nova Friburgo, Petrópolis, São Pedro da Aldeia, Três Rios e Volta Redonda.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.