Ônibus do Teclar continua abandonado

O ônibus do projeto Teclar continua abandonado dentro do espaço do Estádio Municipal Jair Toscano de Britto. Em março deste ano, o Presidente da Câmara de Angra dos Reis, Dr. José Antônio (PCdoB) chegou a apresentar um requerimento solicitando informações sobre o projeto de inclusão digital, de responsabilidade do executivo municipal. Na época, segundo o parlamentar, este ônibus, que recebeu R$250 mil em investimentos e equipamentos, estava abandonado em um terreno do Retiro. Dias depois da denúncia, ele foi removido do local.

O projeto Teclar itinerante foi criado pela Prefeitura, com o apoio da Viação Senhor do Bonfim e da Locanty, e funcionou por algum tempo como sala de aula de informática percorrendo vários bairros de Angra levando inclusão digital aos moradores.

Saiba mais:

3 Comentários
  1. Paulo Maia Diz

    Tudo que é tocante ao Alcaide e não traz recursos para o bolso ou não dá votos certos, não funciona mesmo!!! Agora pergunto: Onde esta o equipamento de informatica que servia aos pobres da ralé… 

  2. IgorAbreu Diz

    Resposta da Prefeitura de Angra enviada por e-mail:

    “Sobre as colocações feitas sobre o projeto Teclar nos veículos de informação citados, a prefeitura de Angra dos Reis informa que não procede a informação de que o ônibus usado no projeto teria custado R$ 250 mil aos cofres públicos. O mesmo foi montado através de parcerias com empresas que prestam serviço na cidade, a saber: Viação Senhor do Bonfim, Eletronuclear e Locanty.

    O motivo pelo qual o ônibus está parado é o tempo de utilização, que passa dos 500 mil quilômetros rodados, demandando muita manutenção e não oferecendo a segurança necessária para as crianças que participam do curso. Os computadores que estavam no ônibus foram distribuídos pelos cinco polos do Teclar que funcionam nos bairros da Nova Angra, na Japuíba, Parque Mambucaba, Monte Castelo, Jacuecanga e centro da cidade. Ao todo, mais de 600 crianças e adolescentes são atendidos pelo projeto neste momento.

    A secretaria de Ação Social, que atualmente coordena o projeto, está adquirindo novos computadores, impressoras e projetores para a abertura de novas unidades do Teclar, em parceria com as comunidades do Marinas, Monsuaba, Garatucaia, Bonfim, Morro do Perez, Vila do Abraão e Provetá. A expectativa é de que até setembro todo o material seja comprado e os novos polos instalados.”

  3. QuemamaAngra Diz

    Onde está o Oftamo e Odonto? Alguém tem notícias?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.