Jorge Eduardo explica sua saída da liderança do governo

O Vereador Jorge Eduardo Rabha “Mascote” (PMDB) deixou a liderança da bancada do governo municipal de Angra, nesta quinta (14/05), durante a sessão ordinária da Câmara Municipal. O parlamentar pediu urgência na votação da matéria e o motivo alegado por Mascote foi a forma como aconteceram as demissões que o município promoveu recentemente.

Jorge, que foi até aplaudido na sessão por um grupo de alunos do Colégio Roberto Montenegro, depois de anunciar os motivos de sua saída, afirmou que pelo fato de ser o Presidente da Comissão de Educação Cultura e Esportes “não poderia deixar de destacar a falta de planejamento do governo municipal nas ações que culminaram, sob a hipótese de economia, na dispensa de cerca de 120 estagiários”. Outro ponto que ajudou na decisão do vereador de se desligar da liderança da base governista, foi a forma com que o governo demitiu cerca de 30% dos seus Cargos em Comissão. O Vereador acredita que o executivo deveria ter esperado até o final do período da Anistia Fiscal e avaliado a questão antes de dispensar “mais de 300 pais de família”.

O vereador deixou patente que deixou apenas a liderança na Câmara e que vai continuar defendendo o prefeito Tuca Jordão nas mensagens que julgar importantes para Angra dos Reis. Com relação à economia de recursos, Jorge lançou o desafio para que o prefeito municipal reduza o salário de seus secretários, que recebem cerca de R$ 11.788,00, cada um, por mês. “Eles poderiam receber um salário igual ao de vereador que hoje está em torno de R$ 6.200” sugeriu o parlamentar que destacou que somente esta medida traria R$600 Mil anuais de economia.

Vale destacar que a idéia da redução do salário do primeiro e segundo escalão, inclusive do prefeito e do vice, foi proposta pelo Departamento de Jornalismo da Rádio Costazul, ao Prefeito Tuca Jordão durante uma entrevista coletiva quando o Chefe do Executivo anunciou os cortes e, novamente em uma entrevista no estúdio da rádio. O prefeito, nas duas oportunidades, havia garantido que não seria “hipócrita”.

Mascote ponderou ainda que vai continuar agindo de forma firme para que o governo reencontre o rumo certo. O Departamento de Jornalismo não conseguiu entrar em contato com o prefeito municipal de Angra para comentar a saída do líder da bancada governista. O novo líder do governo deve ser anunciado na próxima semana.

[display_podcast]

Comentários