INEA explica morte de peixes em Lopes Mendes

Segundo INEA, pesca predatória foi a provável causa da morte dos peixes.

Como informado nesta segunda-feira, 11, pelo Angranews, uma grande quantidade de peixes-espada mortos foi encontrada nas areias da Praia de Lopes Mendes, localizada na parte oceânica da Ilha Grande, em Angra dos Reis. A postagem repercutiu bastante e causou comoção nas redes sociais.

Segundo informações do Instituto Estadual do Ambiente (INEA), uma equipe do órgão realizou vistoria na Praia de Lopes Mendes, ainda na manhã desta segunda, para investigar a aparição de peixes mortos na localidade. Técnicos do órgão constataram que, por se tratar de uma única espécie (Peixe-espada) e alguns estarem com o pescoço quebrado, a provável causa da mortandade é o descarte feito por barcos pesqueiros que não possuem interesse comercial na espécie, conforme já verificado em outras ocasiões.

O Inea firmou ainda que realiza regularmente operações de fiscalização na Área de Proteção Ambiental (APA) Marinha de Ilha Grande.

Ao Angranews, internautas fizeram diversos relatos sobre o caso. Um leitor afirmou ter avistado um barco de pesca na região onde aconteceu a mortandade dos peixes.

No mesmo local onde esses peixes apareceram boiando misteriosamente tinha um barco de pesca muito grande tirando uma rede da água, minha intenção era ter registrado com fotos mas, infelizmente, meu celular estava descarregado – afirmou.

Outro denunciou que “não foi a primeira vez que ocorreu na ilha, todos sabem que a fiscalização não existe e quando ocorre é durante o dia. O órgão responsável não tem embarcação para realizar as fiscalizações”, garantiu o leitor.

Comentários