Multa para quem jogar entulhos irregularmente

Multa para quem jogar entulhos irregularmente

15/03/2017 0 Por Redacao

Segundo a prefeitura, o valor atual da multa, R$ 200, será aumentado com o objetivo de coibir o descarte irregular de lixo pela cidade. Solução para o problema do entulho pode estar em usina de reciclagem.

Atualmente diversos pontos do município se tornaram locais de descarte de entulho. Não há um bairro em que não haja pelo menos um lugar onde moradores despejem restos de obras irregularmente, em alguns casos até mesmo em áreas de preservação, como a mata na entrada da Praia da Bica, na Estrada do Contorno, que está cheia de entulho, restos de poda e até mesmo lixo domiciliar (foto). A prefeitura de Angra afirmou que iniciará, na próxima semana, uma operação para conscientizar e multar quem fizer o descarte irregular.

O Angranews vem recebendo uma série de denúncias e mostrando que a situação é generalizada e que além da questão do entulho, há ainda o problema da falta de manutenção de ruas. Neste vídeo, publicado nesta quarta-feira, 15, mostramos a situação de trechos da estrada do Contorno, Parque das Palmeiras e Ponta Leste.

 [youtube https://www.youtube.com/watch?v=Sxwd_u_H-9A?list=PLxIINZcLqd5s0yz5sckcEQGVBcqGkhEw7]

Em busca de uma solução definitiva

Nesta terça-feira, 14, o vereador Zé Augusto apresentou uma indicação que, caso aceita pelo prefeito Fernando Jordão, pode significar uma solução definitiva para a questão do entulho de obras e sua destinação final. O parlamentar quer a implementação de uma usina de reciclagem de restos de obra, que transforma entulho em blocos e tijolos.

– Temos que pensar em uma solução que seja definitiva e sustentável. Ao mesmo tempo em que produzimos uma grande quantidade de entulho, necessitamos de material para calçamento de ruas. Porque não juntar as duas coisas e ainda ajudar o meio ambiente? – defendeu o parlamentar.

Ação emergencial e multa

Reunião com as regionais

Segundo informações da prefeitura de Angra, a partir da próxima semana, a equipe do Serviço Público começará a multar quem despejar nas ruas e calçadas entulho e também o lixo fora do horário de recolhimento.  ação será fundamentada pela Lei nº 2.087, de 23 de janeiro de 2009, Código de Obras, que diz respeito à obstrução de passeio público e a multa é de R$ 200,00.

O secretário Executivo de Serviço Público, Felipe Larrosa reuniu todos os administradores regionais nesta terça-feira, 14, no auditório da Defesa Civil em uma reunião para definir como serão as abordagens. Além disso, foi apresentado aos presentes os novos horários e dias que os caminhões de coleta de lixo farão seus trabalhos, o que será amplamente divulgado nas comunidades através de uma campanha publicitária.

A equipe vai primeiramente identificar o transgressor, conversar e notificar. Caso haja reincidência, aí sim, a pessoa será multada. O valor de R$ 200,00, de acordo com Felipe Larrosa, em breve será reajustado.