Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Incêndio no Pico do Frade pode ter sido causado por montanhistas

Incêndio em área de preservação ambiental durou pelo menos dois dias

No último domingo, 24, moradores de Angra dos Reis foram surpreendidos com uma coluna de fumaça que saía do Pico do Frade, um dos principais pontos geográficos da região. Era um incêndio florestal, atingindo a principal referência de relevo do Parque Nacional da Serra da Bocaina e refúgio para espécies ameaçadas de extinção.

Segundo um comunicado do Parque, , que só disporá de brigadas de prevenção e combate a incêndios a partir do mês de junho, os indícios apontam que o fogo pode ter sido causado por conta “de visitação irresponsável, com uso imprudente de fogueiras por montanhistas que se utilizam do local para acampar”.

“A cena, apesar de causar enorme desconforto a todos aqueles que protegem e amam a Serra da Bocaina, felizmente tende a não acarretar danos de grandes proporções, já que há pouco material combustível nas proximidades do Pico, cercado por mata em bom estado de conservação (o fogo costuma se alastrar prioritariamente em áreas abertas) e se espera já para a partir de amanhã a chegada de uma frente fria que deverá pôr fim ao longo período de estiagem que assola a região”.

Na segunda-feira, 25, o comandante do 10º Grupamento de Bombeiro Militar, coronel Paulo Escarani, disse, ao Diário do Vale, que sobrevoou a Pedra do Frade e que os trabalhos para debelar o fogo seria feito pelo Grupo de Socorro Florestal, com sede do Rio. A equipe de bombeiros do posto do bairro do Frade, em Angra dos Reis, estava tendo problemas para combater o incêndio, já que para chegar ao local, de difícil acesso, era necessário caminhar por aproximadamente 12 horas para chegar ao pico da montanha.

Escarani disse ainda que não deslocou a equipe que possui no Frade até o local do incêndio, porque isso desfalcaria o contingente necessário para atender a população, como por exemplo em caso de acidente de trânsito ou algo mais sério.

Na terça-feira a fumaça já não era quase visível e com as chuvas desta quarta-feira, 27, a expectativa era que o fogo fosse completamente extinguido.

Comentários