Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Força-tarefa destrói 28 barracas construídas em praia de Paraty

 

Uma força-tarefa formada pelos agentes do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), Ministério Público Federal (MPF), Prefeitura de Paraty e as polícias Federal, Militar e Rodoviária Federal, destruiu nesta quinta-feira (2) com auxílio de retroescavadeiras, 28 quiosques e barracas construídos de forma irregular na Praia dos Coqueiros, em Paraty. Cada proprietário das unidades foi notificado pelo Ibama e multados em R$ 10 mil.

O chefe do escritório regional do Ibama de Angra dos Reis, Luis Felipe Bonifácio da Silva, a praia é um bem comum e de competência da União, sendo que as barracas e quiosques foram construídos na areia, o que é proibido por Lei Federal. Segundo ele, já existe um inquérito Civil Público movido pelo MPF para combater construções irregulares no litoral da Costa Verde, como lotes e barracas na beira das praias.

Luis Felipe disse que além dos donos de quiosques e barracas serem processados administrativamente, eles também vão responder penalmente, por crime ambiental, e na esfera Cível, por reparação ao dano ambiental que foi criado pelas construções ilícitas. Trailers também foram impedidos de funcionar às margens da praia.

– Não houve confronto entre os integrantes da força-tarefa com os donos das barracas e quiosques durante a demolição – disse Luis Felipe.

Em nota, a Eletronuclear disse que a área da Praia dos Coqueiros que pertence à Eletro foi invadida. A empresa procurou a prefeitura de Paraty e o Ministério Público Federal da região para que o problema da ilegalidade da invasão fosse resolvido.

Diário do Vale

Comentários