Fernando Jordão aparece em delação da JBS

De acordo com reportagem do Jornal Nacional, os advogados da JBS entregaram nesta quinta-feira, 30, à Procuradoria Geral da República (PGR) novos levantamentos, relatórios e gravações de conversas com políticos, que serão anexados ao acordo de delação.  Entre os nomes aparece o de Fernando Jordão, atual prefeito de Angra dos Reis, que teria recebido R$500 mil, via doação oficial, quando ainda era deputado. Ele teria recebido a doação por orientação de Eduardo Cunha. O Jornal Nacional afirmou ainda que não conseguiu contato com o prefeito de Angra.

Essas informações complementares vão embasar as investigações que estão em andamento e podem provocar a abertura de de outras apurações, porque em alguns casos surgiram novos personagens.

Nos novos documentos, a JBS também detalhou parte do pagamento de R$ 30 milhões feitos a políticos que apoiaram a candidatura do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Câmara.

Comentários