Estado quer cobrança de taxa para visitantes da Ilha Grande

Fotos Geral da Ilha Grande Foto Edmar Tavares (50)
Compartilhe!

Projeto para a cobrança da  taxa para visitantes da Ilha Grande está nas mãos do Governador Pezão.

De acordo com informações do Jornal O Globo, a Ilha Grande pode ser o próximo paraíso ecológico brasileiro com taxa para entrar, assim como já ocorre em Fernando de Noronha. Os visitantes terão de contribuir com a preservação da ilha, caso o plano de ordenamento turístico seja aprovado pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). O esboço do projeto foi elaborado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e já está nas mãos do governador Luiz Fernando Pezão. O principal objetivo da iniciativa é controlar o acesso à Vila do Abraão, porta de entrada do destino turístico onde moram 4 mil pessoas.

Além da taxa de controle ambiental, o projeto prevê a instalação de catracas nos pontos de embarque de Angra dos Reis, Mangaratiba e Conceição de Jacareí e no desembarque na Vila do Abraão. O dinheiro da taxa vai custear as despesas do controle de acesso e campanhas de preservação ambiental.

– Quando definirmos o preço do ingresso teremos valores diferenciados, ou mesmo isenção, para cadastrados no Bolsa Família e idosos, por exemplo. O objetivo não é elitizar e sim proteger. Foi feito um estudo de capacidade de suporte por região e atrativo, junto com o Instituto Semeia (gestão de parques). Hoje sabemos qual a capacidade de cada lugar da ilha. Mas o poder público não tem braços para gerir com a eficiência necessária este santuário. Estamos estudando uma modelagem de gestão. Minha intenção é conceder a gestão do Parque Estadual da Ilha Grande à iniciativa privada, através de uma Parceria Público-Privada (PPP) – adiantou o secretário.

A superlotação da Ilha Grande é o alvo de uma reunião que será realizada no dia 18 no Convento do Carmo, em Angra dos Reis, envolvendo todos os órgãos que direta ou indiretamente têm responsabilidades para fiscalizar o transporte marítimo e o meio ambiente no principal destino turístico da Costa Verde. No dia anterior, ambientalistas e voluntários farão uma campanha de limpeza na Lagoa Azul e nas praias de Grumixama, Baleia e Macacos.