Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Eletronuclear e Esec Tamoios lançam guia sobre algas marinhas

A Eletronuclear acaba de lançar, juntamente com a Estação Ecológica de Tamoios – Esec Tamoios (unidade ligada ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade -ICMBio) um guia sobre algas marinhas. O objetivo principal da publicação é a divulgação de informações sobre esses organismos para auxiliar as comunidades da Costa Verde, que têm contato diário com o mar e a fauna e a flora marinhas. A iniciativa cumpre condicionante da licença ambiental da central nuclear de Angra.

As algas marinhas têm uma função importante no ecossistema aquático. Elas formam o primeiro nível da cadeia alimentar e contribuem para a manutenção da biodiversidade, na medida em que formam um ambiente propício para a proliferação de diversos grupos de animais. Além disso, produzem oxigênio. As algas fazem parte da flora submarina da Baía da Ilha Grande, colonizando costões rochosos no entorno da central nuclear.

Maria Teresa Széchy, professora do Instituto de Biologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e organizadora do guia, ressalta que, além de ser uma fonte de informações para o ensino de botânica, a publicação é, mais do que isso, uma ferramenta de educação ambiental, que visa ao melhor uso do mar e à preservação dos costões rochosos e seus habitantes naturais.

Recurso didático

Ela explica que, com o devido treinamento, o guia pode auxiliar professores e alunos a se tornarem multiplicadores de informação e ajudar na preservação do ambiente onde crescem as algas. “Essa publicação é um bom recurso didático para as escolas da Costa Verde, pois emprega linguagem acessível e conta com apoio visual de fotografias de algumas espécies. Várias unidades escolares estão localizadas perto do mar, mas, mesmo com essa proximidade, não têm facilidade para abordar o tema em sala de aula. O guia encoraja o estudo do ambiente marinho”, comenta Maria Teresa.

O guia terá ampla divulgação, de forma a atingir o seu público-alvo. Além das escolas da rede pública de ensino da Costa Verde, ele será distribuído em órgãos do governo do estado do Rio e das prefeituras de Angra e Paraty, sobretudo aqueles ligados ao meio ambiente, e em ONGs que atuam na área.

Clique aqui para conhecer o guia de algas marinhas publicado pela Eletronuclear.

Comentários