Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Depósito da Secretaria de Saúde que pegou fogo estava interditado pela Defesa Civil

Materiais e insumos foram perdidos. Secretário acredita que não haverá falta de materiais.

O depósito da secretaria de Saúde de Angra dos Reis que pegou fogo no início da manhã desta segunda-feira, 22, estava interditado pela Defesa Civil municipal desde dezembro de 2016 por conta de problemas estruturais. O laudo apontava para a necessidade de  manutenção estrutural. De acordo com a Prefeitura, no incêndio foi destruído o estoque de fraldas, seringas, luvas, álcool e equipamentos que se encontravam no local.

 

Em entrevista ao vivo para a TV Rio Sul, o secretário Renan Viníssius, afirmou que tinha conhecimento da interdição desde novembro passado e garantiu que a população não será afetada pela falta destes insumos.

 

Renan Viníssius em entrevista à TV Rio Sul

– Nós estamos atuando na seguinte linha. Fazer com que as unidades de saúde não estejam desabastecidas e também apurar as responsabilidades. (…) Estamos buscando um outro local desde novembro, quando fomos notificados pela Defesa Civil. (…) Frente a todo o volume que é utilizado pela secretaria, que são milhões de reais em insumos que são adquiridos, nós temos aqui no estoque em torno de R$60 mil de material, porque? Por que a grande atitude que foi tomada, na prática, foi fazer com que pouco material ficasse aqui armazenado – afirmou o secretário, que garantiu que os insumos perdidos não farão falta para a população.

 

– (Os postos de saúde) Não ficarão sem. Tudo aquilo que chega é imediatamente distribuído para as unidades de saúde – finalizou. Ainda segundo Renan Viníssius, o espaço do galpão não ficará abandonado, ele será demolido e a área recuperada.

Comentários