Construções irregulares demolidas em Itacuruçá

Ministério Público, Polícias Civil e Militar, Upam e Prefeitura se unem para conter invasões e depredação do meio ambiente.

Uma megaoperação, que reuniu cerca de 80 agentes de vários órgãos, coibiu e demoliu construções ilegais na Praia da Gamboa, na Ilha de Itacuruçá, terceiro distrito de Mangaratiba. A ação foi iniciativa do Ministério Público e contou com o apoio do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), da Unidade de Policiamento Ambiental (UPAm), Polícias Civil e Militar, além das secretarias de Meio Ambiente, Obras e Segurança da prefeitura da cidade.

DSC_0040Fiscais, guardas municipais, policiais, agentes do MP e operários da administração do distrito percorreram muitos locais da Ilha, e descobriram diversas irregularidades. Encontraram muitas construções em área de preservação ambiental e sem licença, além de parcelamentos irregulares do solo. Muitos proprietários foram notificados, construções foram embargadas e imóveis foram destruídos. As equipes fizeram todo o mapeamento da área com aparelhos de GPS para impedir futuras invasões e depredação do meio ambiente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.