Cinema da Praça de Paraty estreia com presença da atriz Nanda Costa e 14 filmes

Programação do primeiro fim de semana de funcionamento do Cinema da Praça faz homenagens a Nanda Costa e Luiz Carlos Lacerda, com a presença da atriz nascida em Paraty e do cineasta que mais filmes fez na cidade histórica.

A noite de inauguração do novo Cinema da Praça, em 19 de julho, vai movimentar a Praça da Matriz, no coração do Centro Histórico de Paraty. Cenário de mais de 30 filmes, a cidade ganha de volta o seu Cinema da Praça, no mesmo sobrado que abrigou o Cine São Jorge, ou “cinema do seu Pedro”, que funcionou ali até meados dos anos 70.

A festa na Praça da Matriz terá coquetel com Ciranda, presença das autoridades e da Banda Santa Cecília. Na sala de exibição de 80 lugares, de portas abertas, será exibido um documentário institucional, produzido pelo coletivo Ocupação 16, com depoimentos de moradores que viveram a época do antigo cinema, de jovens da cidade, falando do futuro, e cenas da obra que levou três anos para ser concluída.

Na programação do fim de semana, destacam-se o curta-metragem Julio Paraty, documentário do cineasta Luiz Carlos Lacerda, o “Bigode” exibido na sexta-feira, 20, às 20h, sobre a trajetória do artista plástico paratiense. O evento homenageia o cineasta que mais filmes fez em Paraty. A seguir, às 21h30, o cinema apresenta a pré-estreia nacional do longa Correndo Atrás (2018), do diretor Jeferson De, que está entre os finalistas do 46º Festival de Gramado.

A atriz Nanda Costa, nascida em Paraty, estará presente no evento em sua homenagem, na noite do sábado, 21 de julho, às 21h30, quando será exibido o longa Sonhos Roubados (2009), dirigido por Sandra Werneck, baseado no livro-reportagem da jornalista Eliane Trindade, em que ela interpreta a prostituta Jessica. No domingo, 22, às 20h, a homenagem continua, com o filme Entre Irmãs (2017), de Breno Silveira, com Nanda no papel da corajosa Luzia.

Duas outras atrizes de Paraty participam dessa noite especial: Bianca Paraty apresenta a performance “O vermelho do meu rosto”, e Laura Prado é a protagonista do curta Sueli (2018). Baseado em fatos reais, aborda a história de uma empregada doméstica que abdicou de 35 anos de sua própria vida, família, filhos e netos na cidade em que nasceu, para trabalhar para outra família que se muda para o Rio de Janeiro.

A programação do novo cinema prevê, em seu funcionamento regular, sessões escola durante o dia e sessões abertas ao público em geral, para crianças, jovens e adultos. Com a maior diversidade possível, a programação vai contemplar uma ampla gama de gêneros, incluindo produções recentes, sem esquecer dos clássicos, com atenção a filmes brasileiros, mas acolhendo os diferentes cinemas do mundo. O espaço busca ainda atrair a Paraty extensões ou edições de mostras de cinema, como o já confirmado Festival Varilux de Cinema Francês, que vai acontecer de 4 a 12 de agosto de 2018.

A proposta do espaço é acolher ainda –além de uma programação de qualidade, contemplando a diversidade do cinema e seus públicos –uma sala para leitura e pesquisa com acervo bibliográfico e multimídia, e uma sala multiuso destinada à formação em todos os aspectos do cinema e audiovisual, tendo como prioridade os jovens.

Confira a programação completa:

QUINTA, 19 DE JULHO

20h – Festa na praça com a presença das autoridades, com a presença da Banda Santa Cecilia e coquetel com Ciranda.

Sala de exibição de portas abertas: documentário institucional com o Antes, Durante e Depois da reforma e revitalização do Cinema da Praça, incluindo depoimentos de moradores antigos (memória) e jovens (futuro), além de trailers de filmes da programação que seguirá.

Sala multiuso: exposição sobre as realizações e projetos em andamento da Secretaria Municipal de Cultura;

SEXTA, 20 de julho

14h – Jonas e o circo sem lona (Vitrine, 2016, 1h22)

16h – Malasartes (Paris Filmes, 2017, 1h50)

18h – Mulheres alteradas (Paris Filmes, 2018 – 1h35)

20h – Julio Paraty (curta 26′), de Luiz Carlos Lacerda

21h30 – Correndo atrás (2018, pré-estreia nacional), de Jeferson De

SÁBADO, 21 de julho

14h – Minúsculos (Paris Filmes, 2015, 1h28)

16h – Power Rangers (Paris Filmes, 2017, 2h04)

18h30 – O filme da minha vida (Vitrine BNDES, 2017, 1h53)

20h30 – Performance “O vermelho do meu rosto” (15′), com a atriz paratiense Bianca Paraty

21h15 – Sueli (curta, 20′), de Christian Monassa, com a atriz paratiense Laura Prado

22h – Sonhos Roubados (Cineluz, 2010,1h30), de Sandra Werneck, com a presença de Nanda Costa

DOMINGO, 22 de julho

14h – Peixonautas (Riofilme, 2018, 1h27)

16h – Encantados (Riofilme, 2017,1h18)

18h – Baseado em fatos reais (Paris Filmes, 2018, 1h41)

20h – Entre irmãs (Conspiração, 2017, 2h40), de Breno Silveira

Todos os filmes terão entrada gratuita nesse fim de semana de estreia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.