Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Câmara irá para novo prédio

Desde que assumiu a presidência da Câmara municipal de Angra dos Reis, o vereador Zé Augusto vem buscando modernizar a gestão, fazer melhorias nas instalações e principalmente devolver a casa do povo para a população. Nesta semana, uma negociação que começou em janeiro teve um desfecho positivo, com a publicação em Boletim Oficial do contrato de aluguel do prédio do Hotel Caribe, no Centro de Angra, o que possibilitará unir em um só lugar toda a estrutura de gabinetes, administração e o arquivo do legislativo, dando mais agilidade para o trabalho da Câmara. Além disso, na nova sede haverá um local para o PROCON, que voltará a atender a população de Angra dos Reis em breve.

A Câmara vem gastando com cinco contratos diferentes R$68.694,81 mensais, o que em 240 meses significa um total de R$16.486.754,40. Conseguimos negociar o aluguel do prédio do Hotel Caribe e economizaremos R$ 3.575.254,40 no período, ou R$14.896,93 por mês, uma vez que o valor do novo contrato, para os próximos 20 anos é R$ 12.911.500,00. Esta economia será revertida em serviços para a população, já que parte destes recursos serão devolvidos para a Prefeitura no final da minha gestão. – explicou Zé Augusto.

 

Terreno

Em dezembro de 2011 a Câmara adquiriu, por R$4,3 milhões, um terreno no Parque das Palmeiras, na época a previsão era que as obras começariam no primeiro trimestre de 2012, mas a construção  se mostrou  inviável, uma vez que foi orçada em mais de R$35 milhões. A compra deste terreno, em gestão passada, está sendo alvo de questionamentos por parte do Ministério Público Estadual e do Tribunal de Contas do Estado.

Estamos estudando a melhor destinação para o terreno, mas a meta é o benefício da população. Uma das possibilidades é transferi-lo para a prefeitura fazer algum equipamento nas áreas de Saúde ou Educação, tendo em vista que estes são papéis do  Executivo, enquanto o nosso é fiscalizar a correta aplicação dos recursos e propor leis que beneficiem a população. Outra proposta destinar a área para o benefício do servidor – finalizou Zé Augusto.

Comentários