Bloco da Imprensa chega ao fim

Um dos maiores blocos carnavalescos em Angra encerrou suas atividades após 23 anos.

0 79

Chegou ao fim o ciclo do Bloco da Imprensa. Após 23 anos de história – 1994 a 2017 – com uma vasta trajetória nas áreas cultural e de entretenimento de Angra dos Reis, a agremiação encerra sua participação no mundo carnavalesco.

A decisão foi tomada na semana passada, dia 27 de julho, com desistência de seus diretores atuais de não mais darem continuidade as atividades do Bloco da Imprensa, Regina Braz (presidente), Ivanilda Assunção (vice-presidente), Luís César Corrêa Jorge (Tesoureiro), Alexandre Klippel (Secretário) e José Mário Plácido (Presidente do Conselho).

Como também não houve interesse em dar sequência às ações da agremiação, pelo fundador e presidente de honra do Bloco da Imprensa, Beto Carmona, que já em 2013, não fazia mais parte da diretoria e havia anunciado, em 2016, que sua contribuição com a agremiação e com o carnaval da cidade não teria mais prosseguimento, o bloco vai ser extinto.

A diretoria já na próxima semana vai procurar o contador da agremiação, para que o mesmo providencie a baixa no CNPJ do Bloco da Imprensa. Além disso, os diretores colocarão à venda as peças de bateria da agremiação, total de 31 peças, mais os materiais de reposição dos instrumentos, e com esses recursos, pagarão alguma dívida pendente, como também nas despesas com contador no fechamento do bloco. Também na semana que vem, a diretoria vai encaminhar à Abcar (Associação Recreativa e Cultural dos Blocos Carnavalescos de Angra dos Reis), um ofício solicitando a desfiliação do Bloco da Imprensa da entidade, comunicando a mesma sobre a extinção da agremiação.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: