Últimas noticias e informações sobre Angra dos Reis (Continente e Ilha Grande), Mangaratiba e Paraty.

Bloco da Imprensa arrasta uma multidão de foliões

O Bloco da Imprensa foi mais uma vez uma atração no carnaval de Angra dos Reis. Na tradicional noite de sexta-feira, a agremiação tomou conta das principais ruas do Centro da cidade e voltou a empolgar e a arrastar uma multidão de foliões. Desde a concentração, na Praça General Osório, angrenses e turistas lotavam o setor de início do desfile da agremiação, aguardando a passagem do bloco. Uma grande queima de fogos fez os foliões se animarem ainda mais com o início do desfile da agremiação.

No abre-alas do bloco estavam, mais uma vez, os artistas Maykon Renan, Flaviana Ayres, Monique Eucário, João Vitor Novaes e Elaine Silva, evoluindo na comissão de frente, com coreografias, vestimentas e adereços representando o mar, os barcos da procissão marítima e os homenageados Seu Luiz Rosa e Boni. Logo depois, atrás da alegoria que representava a famosa moqueca do bar e restaurante da Gipoia, veio a família Rosa, com filhos, filhas, netos, que animadíssimos, caíram no samba na homenagem ao pai e ao avô.

IMG_6232 Em seguida, Renato e Bruna, casal de mestre-sala e porta-bandeira, com bonitas fantasias representando o mar e o sol, deram um show de bailado, simpatia. Á frente dos ritmistas estava a Rainha de Bateria, Jacqueline Viegas, com um vestido dourado com muito brilho, mostrando muito samba no pé, seguida dos ritmistas que embalaram e contagiaram os milhares de foliões que lotaram a Rua do Comércio, e na cabeça deles, chapéus com alegorias de barcos, numa homenagem as galeras da procissão marítima, tema principal do enredo do Bloco da Imprensa em 2016.

A agremiação arrastou uma verdadeira multidão, que muito empolgada, acompanhou o desfile do Bloco da Imprensa até o final, na Praça Zumbi dos Palmares. O jornalista, fundador e presidente de honra do Bloco da Imprensa, Beto Carmona, já na concentração, no início do desfile da agremiação, anunciou sua aposentadoria da agremiação e do carnaval de Angra, após 22 anos à frente do Bloco da Imprensa.

-Me despeço aqui, e agradeço demais aos que me apoiaram nesta longa trajetória e sou grato ao carnaval de Angra por ter me dado essa oportunidade de contribuir um pouco com a cultura do carnaval da cidade. O cansaço e o desgaste de tantos anos, me fazem parar, e agora, vou preservar a minha saúde – disse o jornalista.

Comentários