Barcas não atracarão mais na Estação do Abraão

0 9

Prefeitura proibiu operação de grandes embarcações no local após protesto de moradores e vereadores.

Neste final de semana, a Prefeitura de Angra dos Reis atendeu a um pleito dos moradores e empresários da Vila do Abraão, na Ilha Grande e anunciou que as barcas operadas pela CCR estão impedidas de atracar no Cais de Turismo da Vila do Abraão até que a concessionária passe a operar o serviço para a Ilha Grande em embarcações menores do que as atuais, que têm capacidade para 500 passageiros. Os desembarques no local começariam já nesta segunda-feira, 15, data em que estava programado um protesto contra a medida.

Na semana passada o Angranews revelou a insatisfação da comunidade com a autorização dada pelo presidente da Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra). O Presidente da Câmara, vereador Zé Augusto, chegou a se posicionar contra a medida na última quinta-feira, 12.

– Infelizmente estou vendo que se não fizermos alguma coisa aqui nesta casa, as Barcas vão ficar naquele Cais de Turismo até que ela derrube a estrutura. Porque todos nós sabemos que as barcas chegam, ganham dinheiro, prestam um péssimo serviço e não faz nenhum tipo de manutenção no Cais que ela encosta – detalhou.

Inea dá licença para as obras no Cais da Vila do Abraão

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) concedeu licença ambiental para que a Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra) faça obras de reforma no Cais Janete Pires (conhecido também como Cais de Concreto) na Vila do Abraão, na Ilha Grande.

O documento foi emitido pelo superintendente do Inea, Alexandre Becker de Castro, vale até maio de 2019, e estava previsto para ser publicado nesta segunda-feira. Esta autorização é um dos documentos fundamentais para o início das obras de reforma do cais da Vila do Abrão e promete resolver em definitivo o problema de atracação das embarcações da CCR Barcas na Ilha Grande.

você pode gostar também Mais do autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: