Angra renova cobrança por obras do Prodetur da Ilha Grande

Reunião sobre o Prodetur da Ilha Grande
Reunião sobre o Prodetur da Ilha Grande, cujas obras estão orçadas em R$ 27,5 milhões.
Compartilhe!

Prodetur da Ilha Grande prevê investimentos de R$23 milhões em obras de infra-estrutura.

A Prefeitura de Angra dos Reis renovou a esperança de ver finalmente iniciados os investimentos em obras de saneamento, urbanização e melhorias na Vila do Abraão, na Ilha Grande, por meio do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Nesta segunda-feira, 4, o presidente da Fundação Municipal de Turismo de Angra (TurisAngra), Klauber Valente, foi ao Rio de Janeiro para saber a situação dos projetos do Prodetur da Ilha Grande e pedir agilidade. Para Klauber, os investimentos na Vila do Abraão são mais que uma necessidade, uma contrapartida do Governo do Estado. O encontro na capital foi com Jelcy Willekens, da secretaria de Estado do Governo do Rio, que deu notícias positivas sobre o andamento da contratação das obras.

— Desde que começamos a debater os investimentos do Prodetur, o Estado colocou a Ilha Grande como prioridade. Sabemos de sua importância para o turismo da região. Finalmente depois de muitas discussões e adequações no projeto original, ele está pronto para ser contratado, de forma integral, por meio de licitação — explicou Jelcy.

As obras do Prodetur na Ilha Grande estão orçadas em R$ 27,5 milhões. Elas incluem saneamento básico, a construção de estações de tratamento de esgoto e tratamento de água, melhorias de urbanização, iluminação pública e drenagem. O projeto já foi debatido com a comunidade local há alguns anos e será objeto de uma nova campanha de esclarecimento público e mobilização social. O Secretário-executivo do Conselho de Desenvolvimento Sustentável da Baía da Ilha Grande (Consig), Valdir Siqueira, que participou do encontro, está entusiasmado com a possibilidade de, enfim, ver as obras do Prodetur da Ilha Grande acontecendo.

— Acompanho esses projetos há bastante tempo e sempre com otimismo. Creio que será um grande investimento para a Vila do Abraão, com reflexos positivos para toda a Ilha Grande — afirmou Siqueira.

A Prefeitura de Angra dos Reis, por meio da Fundação de Turismo, continuará acompanhando e cobrando do Estado o investimento, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O presidente da TurisAngra crê que os investimentos possíveis por meio do Prodetur abrirão várias possibilidades para a que a Vila do Abraão possa discutir uma série de outras questões relacionadas à localidade, desde o controle de acessos até a melhoria da vida de quem mora no Abraão e arredores.

— Estamos renovando a esperança nos investimentos do Prodetur na Ilha Grande. Estamos esperando há vários anos e tenho certeza de que a prefeita Conceição fará a intervenção política junto ao Estado para acelerar esses investimentos. A partir do Prodetur poderemos debater outras mudanças para melhor no dia a dia da Ilha. Vamos torcer e vamos cobrar — finalizou o presidente.