Angra quer mais segurança em agências bancárias

O Sindicato dos Vigilantes de Angra e Região deve entrar esta semana na justiça com ação pedido o retorno da obrigatoriedade dos vigilantes 24h nas agências bancárias. A medida visa oferecer segurança aos correntistas.

Mas não é só isso: estamos conversando com alguns parlamentares da Alerj para que deixe de ser apenas intenção e vire Projeto de Lei – disse Maurício Silva, presidente do Sindicato.

Segundo a instituição sindical, o aumento da criminalidade no município desestabilizou a segurança nos bancos que não é suficiente e, principalmente, não atende fora do horário de expediente.

As pessoas tem medo. O banco não se responsabiliza na área dos caixas eletrônicos e não há sequer um segurança próximo. O banco tem de ser responsável pelo Patrimônio financeiro do correntista – esclareceu Maurício.

Outra medida do Sindicato dos Vigilantes é promover um fórum de debate com as autoridades municipal, estadual e federal, na Câmara ainda este ano.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.