Angra, Paraty e outras seis cidades ganham roteiros de turismo rural

Os municípios de Angra dos Reis, Paraty, Cantagalo (Boa Sorte), Santa Maria Madalena, Amparo, Trajano de Moraes, Ipiabas e Guapimirim ganharão roteiros de turismo rural, intitulados Eu quero essa experiência.

Elaborados pelo Sebrae/RJ, a proposta de criação dos roteiros tem por objetivo fazer com que os turistas tenham um contato maior com a natureza, agricultura e tradições desses destinos que têm perfil histórico e cultural, mas não atuavam com o turismo. O lançamento será durante um evento no CRAB – Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro, no próximo dia 21 de agosto, das 10h às 14h.

Para a elaboração dos roteiros, o Sebrae/RJ realizou uma pesquisa nos municípios participantes que demonstrou que é predominante a participação familiar na atividade rural em praticamente todos os roteiros (90%). Entre os entrevistados, 70% afirmou que o turismo rural era uma atividade secundária dentro do empreendimento. A maioria é produtor rural e não tinha conhecimento do potencial turístico de seu empreendimento.

Para aumentar a rentabilidade do negócio, os proprietários dos empreendimentos rurais decidiram investir na vocação turística de sua região e os roteiros oferecerão emoção, surpresa e interatividade através de suas atividades. As principais características de cada roteiro (o que o visitante pode vivenciar): Angra dos Reis – cultura no roteiro do Sertão de Mambucaba; Paraty – aventura; Cantagalo / Boa Sorte – história; Santa Maria Madalena – artesanato; Amparo – orgânicos; Trajano de Moraes – lazer; Ipiabas – gastronomia e Guapimirim – preservação ambiental. Os roteiros funcionam sob agendamento, geralmente, aos finais de semana, mas, é possível, seu funcionamento durante a semana.

O projeto de Turismo Rural do Sebrae/RJ começou há dois anos, com foco nos pequenos negócios. O objetivo era diversificar a oferta turística a partir da valorização de produtos formatados de forma adequada as características locais e assim melhorar a promoção e a comercialização turística das empresas e destinos participantes. Os produtores rurais participaram de capacitações sobre finanças e atendimento ao cliente, inclusive os roteiros foram validados por consultoria de inovação.

Comentários